reciclagem

10 Posts Back Home

É possível ser ecológico mesmo na correria do dia a dia?

Que nossa vida é corrida todo mundo já sabe e está cansado de ouvir. E nem sempre é possível diminuir o ritmo do nosso dia a dia. Venho compartilhar algumas ideias de sustentabilidade que consegui encaixar na minha rotina, e que não demandam muito tempo nem dinheiro. Eu acredito que é possível ser ecológico no dia a dia. –  Na hora de compras com cartão, sempre confiro  o valor na máquina e a primeira notinha  (do vendedor) e então dispenso minha. Pode parecer pouco, mas imaginem quantas notinhas uma simples loja emite todos os dias e multiplique por 365 dias. – Ao ir à farmácia comprar um remédio ou algo pequeno, dispenso a sacolinha plástica e coloco na bolsa. – No supermercado evito comprar produtos exageradamente embalados. Exemplo, shampoos: Para que embalar algo que já está embalado? Este tipo diminui o uso de embalagens em até 70%!!!! – Na cozinha,…

Menos lixo e mais cuidado com o que você come!

Todos os anos 8 milhões de toneladas de plástico são jogadas no mar em todo o mundo ( Plastic Ocean, 2016) e os cientistas alertam que em 2050 haverá mais plástico que peixes nos oceanos*. O plástico nos oceanos confunde os animais marinhos que os engolem e morrem, além de gerar inúmeros desequilíbrios ambientais (digitem no youtube “plástico e oceanos” e vejam o tamanho do problema). É uma situação preocupante. Mas o que tudo isso tem a ver com a minha alimentação? Tudo! Tudo o que você compra, alimentício ou não, vem com embalagens que não são recicláveis ou recicladas, esgotando os recursos naturais do planeta, além de poluí-lo. Cada vez mais embalagens são utilizadas para agregar valor ao alimento, deixando-o mais atrativo para o consumidor, mas também mais caro e menos ecológico. No meu dia-a-dia procuro comprar alimentos que possuam a menor quantidade de embalagens possível, e, de preferência,…

Os bons ventos de 2016!

O ano novo chegou e boas iniciativas estão sendo implementadas na cidade, por isso deixo estas dicas para quem vai curtir as férias em São Paulo:  Descobrindo Rios escondidos na cidade:  O projeto Cidade Azul possui 02 áudio-guias  onlines que te permite seguir o caminho de rios escondidos na cidade, um na vila Madalena e outro no centro de São Paulo. Um passeio divertido  que te leva a um mundo que o concreto escondeu mas não eliminou, sim , os rios estão vivos e correndo por ali!   Retorna Machine: A máquina de recebe resíduos recicláveis e em troca lhe dá créditos no bilhete único, desconto na conta de luz ou nas livrarias Saraivas! Ela está em 05 pontos da cidade, para usá-las basta se cadastrar no site.    Passeio pelas ciclovias da cidade: A cidade ganhou esse ano novas ciclovias e  passear por elas pode ser uma nova maneira…

Verdejar para refrescar

O verão está chegando e as temperaturas nas cidades ultrapassam os 30° com muita facilidade. Quem nunca procurou se acolher, nestes momentos, à sombra de uma árvore? E se esta árvore estiver na cobertura da sua casa, proporcionando sombra, conforto térmico e acústico, isso não seria incrível? Essa realidade existe, pois é assim que funciona um telhado verde. Fonte: Ecotelhado Telhados verdes são coberturas de edificações que possuem sobre sua estrutura uma camada de vegetação. Esta vegetação pode ser um gramado, arbustos ou até mesmo árvores. Para executar um telhado verde, primeiro se faz necessário verificar o tipo de estrutura existente, mas é possível executá-lo sobre lajes, telhas cerâmicas ou metálicas. As vantagens de se ter este tipo de cobertura para o usuário são inúmeras: o primeiro impacto está na redução de até 5°C na temperatura interna do imóvel, se compararmos com uma laje de concreto. Outro impacto direto está…

Como você trata seu lixo?

Campanha do Banco do Planeta Todas as quintas feiras, quando coloco meu lixo reciclável para ser recolhido na rua, me assombro com dois fatos: primeiro pela quantidade de lixo que acumulamos numa única semana e, segundo, pelos poucos vizinhos que separam e reciclam seus lixos.  Moro em casa, e por isso é mais fácil visualizar na rua quem recicla e se preocupa com o destino correto dos resíduos, de quem não faz essa lição de casa. Observei que de 10 casas próximas a minha, apenas três fazem a separação do que é lixo, e do que pode ser reciclado. E no restante da rua não é diferente… Em compensação o lixo ali na esquina se acumula. Primeiro foi uma carcaça de TV, depois um colchão, por último um sofá! Fico imaginando o que pensa uma pessoa que tem esse tipo de atitude. Será que ela pensa nas consequências dos seus…

Design sustentável na sua casa

Vaso Batucada de Brunno Jahara No início desse mês visitei a exposição Ecodesign Brasil promovida pela Leroy Merlin, quando 15 designers brasileiros demonstraram em suas peças que é possível produzir móveis e objetos sustentáveis e bonitos. A mostra possui desde delicadas peças desenhadas pelo design Sergio J. Matos que exaltam o artesanato brasileiro utilizando materiais encontrados na natureza como fibras e folhas, até móveis que pensam em toda uma cadeia sustentável que leva em conta a matéria prima, maquinário, funcionários, funcionalidade, durabilidade e custo do produto, como os produzidos por Fernando Jaeger e Paulo Alves. Tunico Lages busca no cerrado a matéria prima para seus móveis e transforma a madeira morta, que teria destino certo nas carvoarias,  em cadeiras e mesas únicas. Através das mãos destes talentosos designers papelão torna-se poltrona e pneus são descoladas fruteiras. A transformação de materiais que seriam descartados em objetos úteis e bonitos trazem não somente…

Vamos nos ver na Virada Sustentável?

Precisamos consumir para viver, mas devemos reconhecer que nós consumimos em excesso. Consumimos o supérfluo, consumimos sem pensar, e muitas vezes por puro impulso. Você pode pensar…”ah, mas não consumo tanto assim”. Individualmente, parece que o impacto é realmente pequeno. Mas, imagine toda a população do planeta, os quase 7 bilhões de habitantes consumindo igual você, gerando a mesma quantidade de lixo que você, necessitando de tantos recursos naturais. Ah, assim assusta, né?   Pensar a sustentabilidade é pensar no coletivo, é pensar na necessidade de muitos e também no das futuras gerações. Pensar a sustentabilidade é provocar-se na reflexão do que realmente é necessidade e do que é desejo provocado, impulsionado pelo sistema do ter. Pensar em sustentabilidade é acreditar em justiça social, no equilíbrio das forças naturais e produtivas, no respeito à diversidade das nações, povos, indivíduos.   Como não pensamos muito sobre isso, pois não fomos educados para…

Horta em casa, sim você pode!

Você sempre quis ter uma hortinha, mas nunca trilhou o desconhecido mundo das plantas? Saiba que basta boa vontade, dedicação e não ter medo de errar para conseguir um pouco de verde dentro da sua casa. Você não precisa ter um jardim enorme, basta um lugar ao sol para conseguir ao menos alguns temperos! Uma horta precisa de 04 elementos básicos: luz, água, ventilação e carinho. O primeiro passo é verificar como o sol incide e por quanto tempo no local disponível para a horta: no período da manhã, da tarde, o dia todo? Esta informação será importante para definir qual tipo de planta irá ser colocada no local. Depois é preciso escolher o tipo de recipiente que será usado, pode ser uma jardineira, um pedaço de terra no quintal ou em vasos. Hoje existem várias opções no mercado que facilitam o plantio, como por exemplo os vasos…

Práticas para uma casa sustentável – Parte 01

    Muitas pessoas me perguntam se é possível transformar a casa onde moram num lugar mais sustentável ou se é preciso começar uma construção do zero.    Há quem pense que construções sustentáveis são como uma casa de Hobbit no meio da floresta, e não imaginam que atualmente as casas sustentáveis são mais parecidas com esta da foto abaixo, criada como modelo pela Basf. Se a casa for pensada desde o início com um projeto sustentável, certamente será mais fácil de implementar as tecnologias ecoeficientes disponíveis, com um custo menor. Porém, também é possível fazer em construções existentes pequenas adaptações que a transforme em uma casa “limpa”, “verde”, ecologicamente correta.   Algumas soluções são bem simples, outras exigem um pouco mais de reformas. Diversos fatores podem fazer sua casa se tornar mais sustentável, os materiais que foram utilizados em sua construção, a eficiência enérgica que ela possui, como ela…

Compostagem: Bom para o planeta, ótimo para sua saúde!

Foto: Luciana Murakami Segundo dados da prefeitura, todos os dias na cidade de São Paulo são gerados 20 mil toneladas de lixo, sendo que deste total 12 mil toneladas são de lixo domiciliar. Acredito que cada um de nós é responsável pelo seu próprio lixo e não adianta achar que nossos governantes conseguirão resolver todos os problemas que nós diariamente ajudamos a criar. Há algumas décadas já se fala em reciclagem e muitas pessoas separam o lixo orgânico dos materiais que poderão ser transformados e reutilizados. Mas, infelizmente, a cidade recicla apenas 2% deste percentual e apesar de existir um plano municipal para ampliar este valor para 10% isso só acontecerá em 2016. Enquanto isso, toneladas diárias de lixo continuarão sendo jogadas nos poucos aterros sanitários disponíveis. Então o que fazer? Além de reciclar, evitar o desperdício é algo que pode ser trabalhado em nosso dia a dia. Precisa imprimir?…

Navegue
teste