Fazendo da felicidade um hábito
Meditar e fazer o bem nos aproxima da felicidade
A vida está passando. E como você está?
Quando nos roubaram o direito de sermos sensíveis?
Aprenda a ser forte e voe!

Fazendo da felicidade um hábito

E se a felicidade fosse um hábito que pudéssemos ensinar às crianças? E é! Qualidades que nos afastam da felicidade (fortes emoções negativas) e as qualidades que nos conduzem à felicidade (ações éticas) são enraizadas nos hábitos desenvolvidos no passado. A Atenção Plena ajuda as crianças e os adolescentes a reconhecerem os hábitos que levam à felicidade e a abandonarem os que não levam. Os hábitos são fáceis de construir, difíceis de abandonar e todo mundo tem. Alguns hábitos são físicos (roer as unhas e enrolar o cabelo), alguns são verbais (usar certas palavras ou frases) e alguns são de natureza psicológica (preocupar-se, sonhar acordado, e  analisar e julgar em excesso). Repetir um hábito que reforça os circuitos cerebrais associados tornam o hábito mais forte. Quanto mais forte o hábito, mais fortes são as vias neurais, e mais fortes o esforço e a determinação necessários para quebrá-lo. Se a primeira…

Navegue
teste