nossacidade

6 Posts Back Home

Schumacher College – Uma escola sustentável

Por Regina Hostin* Viagem de estudos De Londres até Totnes, no sudoeste da Inglaterra, são mais ou menos 3 horas e meia de viagem de trem. Mas você nem sente o tempo passar. A paisagem é linda. Aos poucos o mar e o verde vão formando um novo cenário e você entra em contato com uma outra Inglaterra. A estação de Totnes é um charme. Pequenininha. E os taxistas, simpatíssimos. Já ali você começa a se sentir em casa. São vários os motivos que atraem os visitantes a este pedaço do universo, talvez ainda pouco conhecido. É possível estudar inglês em Totnes, sem estar cercado por muitos brasileiros, e também aprender mais sobre Cidades em Transição (Totnes é a primeira cidade em transição do mundo). O movimento foi criado pelo inglês Rob Hopkins com o objetivo de transformar as cidades em modelos sustentáveis, menos dependentes do petróleo, mais integradas à natureza…

Abertura da Virada Zen no UMAPAZ

Entre os quase 100 espaços de bem-estar, cultura, lazer e desenvolvimento humano que abriram suas portas para a Virada Zen está a UMAPAZ, Universidade Aberta de Meio Ambiente e Cultura de Paz, da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente. Lá, no dia 25 de abril, será dada alargada para a Virada Zen com uma tarde de palestras e práticas com conteúdos que visam proporcionar bem-estar e autoconhecimento. As 18h15, as idealizadora da Virada farão a abertura oficial do evento. E na sequência, o convidado especial Swami Atma Nambi Guruji fará um Satsang. Confira toda a programação: Rodas de conversa sobre Autoconhecimento – Auditório 3 do UmaPaz (capacidade 100 pessoas) 14h – Andrea Deis – “Florecer e Pensamento Positivo contribuem para felicidade” 15h – Fabiana Maia – A paz no conflito à luz da CNV (Comunicação Não Violenta) 15h45 – Chirles de Oliveira – “Felicidade Sustentável: você pode fazer a diferença no…

Cidades Abertas

Cada vez mais as cidades têm aberto seus espaços públicos para o uso da população de forma mais humana. Espaços antes de circulação exclusiva de carros ganham vida aos finais de semana quando fechados para pedestres. Em São Paulo, confesso que me emocionei a primeira vez que fui à Avenida Paulista num domingo. Havia crianças correndo entre as faixas antes cheias de  carros, bolhas de sabão gigantes percorriam o espaço até o alto dos edifícios, simpáticas bike food com comidinhas deliciosas para alimentar os novos usuários do local. E por que não se surpreender com uma brincadeira simples e divertida de subir na grade de ventilação da estação do metro e deixar seus cabelos esvoaçarem num estilo Marilyn Monroe? Mas a cidade de São Paulo já possuía outra avenida que já era fechada há alguns anos: o Minhocão. Por lá, o ambiente é um pouco mais árido, mas está ganhando vida…

Os bons ventos de 2016!

O ano novo chegou e boas iniciativas estão sendo implementadas na cidade, por isso deixo estas dicas para quem vai curtir as férias em São Paulo:  Descobrindo Rios escondidos na cidade:  O projeto Cidade Azul possui 02 áudio-guias  onlines que te permite seguir o caminho de rios escondidos na cidade, um na vila Madalena e outro no centro de São Paulo. Um passeio divertido  que te leva a um mundo que o concreto escondeu mas não eliminou, sim , os rios estão vivos e correndo por ali!   Retorna Machine: A máquina de recebe resíduos recicláveis e em troca lhe dá créditos no bilhete único, desconto na conta de luz ou nas livrarias Saraivas! Ela está em 05 pontos da cidade, para usá-las basta se cadastrar no site.    Passeio pelas ciclovias da cidade: A cidade ganhou esse ano novas ciclovias e  passear por elas pode ser uma nova maneira…

Como você se relaciona com a sua cidade?

Somos 3,9 bilhões de pessoas vivendo em zonas urbanas, disputando espaço para morar, trabalhar, estudar, se divertir e locomover. Para alguns destes bilhões a cidade pode ser um caos, mas também pode ser extremamente agradável, tudo depende de como você se relaciona com ela. Viver na cidade significa viver em comunidade, viver em conjunto com outros seres, nem todos humanos. Significa partilhar, dividir e por que não, doar um pouco de si. Muitos desejam viver num lugar melhor, mais agradável, mas para isso é necessário que se apropriem destes lugares, se apropriar da sua cidade é ter consciência da sua cidadania. Em São Paulo temos alguns exemplos de cidadãos que resolveram se apropriar da cidade, fazer dela um espaço mais agradável. Um deles é o coletivo Ocupe&Abrace , que revitalizou a praça da nascente em Perdizes. O local, antes abandonado, ganhou horta, lago, brinquedos de bambu e recebe desde pic-nics até…

Vamos nos ver na Virada Sustentável?

Precisamos consumir para viver, mas devemos reconhecer que nós consumimos em excesso. Consumimos o supérfluo, consumimos sem pensar, e muitas vezes por puro impulso. Você pode pensar…”ah, mas não consumo tanto assim”. Individualmente, parece que o impacto é realmente pequeno. Mas, imagine toda a população do planeta, os quase 7 bilhões de habitantes consumindo igual você, gerando a mesma quantidade de lixo que você, necessitando de tantos recursos naturais. Ah, assim assusta, né?   Pensar a sustentabilidade é pensar no coletivo, é pensar na necessidade de muitos e também no das futuras gerações. Pensar a sustentabilidade é provocar-se na reflexão do que realmente é necessidade e do que é desejo provocado, impulsionado pelo sistema do ter. Pensar em sustentabilidade é acreditar em justiça social, no equilíbrio das forças naturais e produtivas, no respeito à diversidade das nações, povos, indivíduos.   Como não pensamos muito sobre isso, pois não fomos educados para…

Navegue
teste