encontro

1 Posts Back Home

Natureza Viva, Vida em Movimento: Eu Viva!

Nos últimos meses, tenho vivido no “flow”, na conexão com o que amo fazer que é ajudar as pessoas, e encontrando no meio do caminho, não pedras, mas lindos encontros. A alegria do encontro é possível quando estamos presentes e com corações e mentes abertas; quando respeitamos, acolhemos, sorrimos, geramos empatia, somos nós, não somos nada, ou melhor, quando “somos todos um”, como li na capelinha do sítio da Glória, em Amparo, num momento intimista, com os pés na areia, sentido a grandeza da simplicidade elegante daquele lugar. O humano, demasiadamente humano, é bom! Ao nos despirmos dos rótulos, ao não saber ao certo quem sou, abro-me para as possibilidades das descobertas, e permito que o outro me olhe sem preconceitos, pré julgamentos, sem amarras, e vá construindo comigo essa descoberta misteriosa que é viver o encontro. Quem sou eu?! Nem fácil, nem simples, dar essa resposta. Por que somos…

Navegue
teste