comportamento

10 Posts Back Home

ESPERO QUE NÃO SEJA TARDE DEMAIS

Como diz o poeta Pedro Chagas Freitas: “Há tantos amores que morreram por falta de sonho, provavelmente todos. Deixamos de tentar quando deixamos de sonhar”. Será que isso não está acontecendo com você? Até onde está indo sua coragem? Quanto a sua necessidade de manter quem não quer ficar, o que tem feito a respeito? Seus sonhos?  Ah, em que lugar eles foram esquecidos? Já pensou em reanimá-los? Afinal, você está vivo! Sua existência clama para que você a perceba enquanto há tempo. Amores, sejam eles quais forem – o amor pelos sonhos, por alguém, por um animal -,  precisam de atenção, de carinho, de cuidados, de tempo e, principalmente, de disposição para fazer dar certo. E esse é o grande dilema: estamos muito indispostos para fazer as coisas durarem. Talvez porque é mais fácil sair pela porta do que ficar. Talvez porque trocar de corpo é mais atraente do…

Demonstre, ou perderá seu amor

A gente sempre se pergunta o porquê de algumas pessoas serem completamente diferentes do que imaginamos. E aí fica a sensação de que o ruim é criar expectativas. Mas viver sem elas não seria, talvez, uma forma de negar o que sentimos? Mas , fique atento: demonstre, ou perderá seu amor! Uma pergunta assim pode fazer uma bagunça no coração. Por isso muitas pessoas desistem de encontrar “a alma gêmea”. Outros sequer sentem vontade de um colo nas noites frias. E, com certeza, há aqueles que ainda carregam feridas profundas. Mágoas maiores ainda. Porém, viver sem cicatrizes, pelo menos nessa existência é algo impossível. Já ouvi dizer que ter o coração despedaçado significa que tentativas foram feitas. Entretanto, será que nos orgulhamos dessa ideia? Ou estamos desesperados por uma companhia apenas para provar ao nosso ego que somos maravilhosos? Com tantas questões postas sobre o palco da vida, fica difícil…

O que é ter sucesso?

Segundo o dicionário Michaelis,  sucesso é aquilo que sucede; acontecimento; fato; qualquer resultado de um negócio; bom resultado; êxito, sucedimento e por fim, pessoa (artista, escritor, cantor etc.) ou coisa (filme, peça teatral, livro etc.) que alcança grande popularidade. Muita gente almeja ser uma pessoa de sucesso, mas essa palavra muitas vezes vem acompanhada de muitos sonhos materiais, que achamos que significa sucesso e que não necessariamente é assim. Fiz uma pesquisa com mais de 30 pessoas para saber o que eles acham sobre o que é sucesso e se eles acreditam que são pessoas bem sucedidas e por fim, se o “ter sucesso” é assim tão importante. Eu me surpreendi com as respostas, pois imaginava que a maioria falaria de metas financeiras, mas não foi o que aconteceu e as respostas foram variadas. A maioria falava de equilíbrio em todos os setores da vida, ser feliz consigo mesmo independente…

É PRECISO EXERCER GRATIDÃO

Entre meio a pensamentos certos e errados, cada dia me convenço mais que boa dose da porção da FELICIDADE diária está concentrada na palavra GRATIDÃO. Àqueles que são gratos pelas suas vidas e pelas coisas que possuem independente de ter muito ou pouco, de ser rico ou pobre, são os mesmos que esboçam um sincero sorriso no rosto e que encontram uma verdadeira motivação para continuar vivendo. As vítimas de plantão que só reclamam da vida, de tudo e de todos colhem dor, sofrimento e amargura, vivem exalando lamúrias e atraindo ainda mais tristeza, insucesso e rancor. Agradecer pela saúde,  pelo prato de comida diário na mesa, pela cama confortável, pela família e pelos amigos, pelo trabalho que muitas vezes parece ser árduo e sacrificante, é um exercício que deve ser feito diariamente para ser conquistar mais serenidade, paz e luz no dia a dia. Já parou para pensar nessas…

Somos todos aprendizes

Há muitos motivos pelos quais uma pessoa sai de nossa vida ou nós saímos da vida dela. Mas, há dois deles – a morte ou o término de uma relação -, que machucam muito. Mas, lembremos, somos todos aprendizes. E aí sempre sobra um buraco no peito que, nos primeiros dias, não é preenchido por nada. A presença que existia não está mais por perto. E isso começa a machucar. Dilacera, corta, até o dia em que, após ter mergulhado no limite da dor, o coração se anestesia e “para de doer”. Quando isso acontece você percebe que não morre porque a pessoa foi embora, como você dizia que morreria. Que a vida continua bela, mesmo quando falava que nada mais tinha cor. E dia após dia as coisas vão amenizando, porque você sabe que a vida continua. E se ela prossegue, você, após a tempestade que lhe atacou, mas…

Não procure o amor

Sabe por que você não encontra o amor da sua vida? Já se perguntou isso? Encontrou a resposta? Certamente é porque você está procurando, desesperadamente, aquilo que não se busca, mas se encontra, se esbarra, tropeça, se reconhece e, com a afinidade de duas almas, nasce esse sentimento. Quando estamos, de maneira descontrolada, por medo da solidão, ou achando que a vida só faz sentido se tivemos alguém, buscando por um amor, com certeza vamos nos frustrar. Porque um sentimento como esse não está à venda nos supermercados. Não vem na cesta básica da empresa. Não está no bingo ou na loteria. Muito menos chega até nós sem que estejamos dispostos a sacrifícios. Sim, o amor requer sacrifícios, mas não a ponto de duas pessoas estaremos juntas e, de mãos dadas, sentirem-se mais sozinhas do que acompanhadas. Mais tristes do que felizes. Mais esquecidas do que lembradas. Mais toleradas do…

Pela busca de uma felicidade sustentável

Estava eu num dia de sábado comum procurando um filme para assistir e resolvi ver um chamado “Um anel para você”, pois decidi que queria algo mais leve, nada que me fizesse pensar em coisas mais densas, intensas, afinal, todo mundo tem os dias que só quer distrair, não é mesmo? Pois bem, o filme me deu o que eu queria, romance, comédia, mas aí veio a mensagem, desculpem aqui pelo spoiler, o filme nos passa uma mensagem do quanto estamos sempre esperando para sermos feliz. Esperamos o emprego perfeito, esperamos o príncipe encantado, esperamos quitar nossas dívidas, esperamos…Estamos sempre esperando, pois afinal quando tal coisa acontecer, eu serei feliz! Mas e o hoje? Estamos felizes? Você, você que está lendo esse texto, seu dia foi feliz? Independente de todas as suas expectativas para o futuro, você fez o que desejava fazer? Ou só fez algo para seu futuro? Sabe…

O caminho do despertar…aos poucos e sempre!

No dia 9 de novembro passado escrevi esse texto e publiquei na minha página pessoal do Facebook sobre meu aprendizado nos últimos tempos. Sobre o caminho do meu despertar…que foi aos poucos, mas contínuo! E continuo nessa jornada! Comecei assim: Chegou o grande dia da virada! 4.5 ou 5? Bem, biologicamente, estou celebrando 45 primaveras, com muita alegria. Mas, 2016 (o ano 9 da transformação) marca também 5 anos da minha vitória de vida. Em 2011, descobri que estava com um linfoma, que é um tipo de câncer no sistema linfático. Passei 9 meses em tratamento que findou exatamente na semana do meu aniversário, na época celebrei meus 40 anos. Fiz quimioterapia, radioterapia, fiquei carequinha, gravei um vídeo para o @MovimentocontraoLinfoma da @abraleoficial e me descobri numa batalha pela vida. Nesse período, a fé, o afeto e carinho da minha família incrível, dos meus queridos amigos do peito, das enfermeiras…

Por que esse desespero?

Já parou para pensar sobre as coisas, nessa vida, que realmente importam? Já se deu conta de que todos os dias temos um espetáculo da natureza diante dos olhos e, por corrermos tanto, deixamos isso passar? Já se perguntou o porquê você está tão apegado a alguém que não tem tempo para você? Já se culpou pela rotina que leva? Por pegar o trem lotado? Por acordar cedo? Não se culpe. Há pessoas que só queriam acordar de um coma. Há pessoas que só queriam que alguma triste doença desaparecesse. Há pessoas, agora, em toda parte do mundo, lutando para sobreviver. Então, por que esse desespero? Não se desespere por ter sido desacreditado, pois muitos gênios ouviram que suas invenções jamais dariam certo. Não se desespere se a pessoa amada não lhe corresponde, pois ela não é a única no mundo. Não se desespere se o seu coração foi partido…

PARA QUE SERVE SEU PASSADO?

Pessoas nostálgicas, guardiãs de presentes antigos, e adeptas das lembranças, costumam viver apegadas a tudo que já passou. Mas por que agimos assim se nada realmente é eterno? Por que nos desesperamos se o felizes para sempre não existe na vida real? Por que queremos provar, a todo custo, que precisamos ter alguém ao nosso lado para a vida fazer sentido? Por que estamos excessivamente apegados se o outro não é, nunca foi, e nunca será nossa propriedade? O passado serve para nos fazer aprender alguma coisa, que, essencialmente, assim como ele, deve ficar lá atrás, porque a vida só acontece quando olhamos para frente. Não é verdade? No entanto, quantos de nós temos olhado para trás mais do que deveríamos e com isso temos nos sentindo incapazes? Desvalorizados? Perdidos? Dizer adeus ao que foi bom ou ruim será sempre muito difícil, mas é um processo necessário para adquirirmos maturidade…

Navegue
teste