Postagens sobre comidadeverdade

Alimentação saudável e as alternativas para o bem-viver

Vida Saudável - Lara Gois - 29 de outubro de 2018

Olá a todos, sou a Lara Gois e estou muito feliz por ter sido convidada para passar um pouquinho dos meus conhecimentos de alimentação saudável por aqui, a fim de inspirá-los  a ter alternativas para o bem-viver… gratidão a esse veículo, Felicidade Sustentável.

Continuar Lendo

Continuar Lendo

Porque uma alimentação saudável faz bem ao corpo e a alma!

Vida Saudável - Chirles Oliveira - 11 de abril de 2018

Olá! Meu nome é Cristiana Marques e tive a honra de ser convidada para escrever no Blog Felicidade Sustentável para compartilhar com vocês minha experiência no curso com a apresentadora Bela Gil, do programa Bela Cozinha do GNT.
Continuar Lendo

Continuar Lendo

O que te alimenta também te anima?

Vida Saudável - Laila Rezende - 15 de junho de 2016

Como nutricionista, sempre me preocupei com o que nutre meu corpo. Mas, venho me indagando: o que nutre minha alma? Continuar Lendo

Continuar Lendo

O Que é Alimentação Consciente?

Vida Saudável - Chirles Oliveira - 24 de março de 2016

“A liberdade interior nos permite saborear a lúcida simplicidade do momento presente, livre do  passado e emancipado do futuro.” (Matthieu Ricard – no livro de Sweet, 2015)

A Alimentação Consciente – Mindful Eating – é  uma prática para estar presente quando comemos. 

A Alimentação Consciente desperta nosso prazer de simplesmente comer e beber. Estarmos atentos aos pensamentos, sensações físicas e emoções que estão inclusas no ato de comer.

 Perceber as fomes que temos. Já ouviu a expressão “comer com os olhos?”. Além da fome dos olhos, temos a do nariz, ouvidos, boca, estômago, células, mente e coração.

 A escolha de uma alimentação consciente, saudável e equilibrada é mais do que nutrir o corpo, é nutrir a mente e um investimento de longo prazo à sua saúde.

 Pequenas modificações nos hábitos alimentares e a atenção a qualidade e a quantidade trazem a sensação de bem-estar e o equilíbrio para o bom funcionamento do corpo e da mente.

 Estar consciente é o ponto chave. Ao dar atenção a pequenas rotinas do dia-a-dia, como a alimentação, percebemos o piloto automático em que vivemos e, com isso, podemos incorporar pequenas e significativas mudanças.

 O alimento é um veículo para nutrir o corpo e mente e, também um reflexo de como lidamos com nossas vidas. A prática da meditação nos auxilia a estar no presente e sair do piloto automático.

 No Programa de Alimenteção Consciente – Mindful Eating iremos explorar por meio de diversos exercícios essa prática.

 Agende sua consulta e traga mais qualidade à sua vida! 

 PRINCÍPIOS DO MINDFUL EATING
  • Permitir tornar-se consciente das oportunidades positivas e nutritivas que estão disponíveis pela seleção e preparação da comida, respeitando sua sabedoria interior.

  • Usar todos os sentidos na escolha de comer comida que é gratificante para você e alimento para o corpo.

  • Reconhecer as suas respostas aos alimentos (agradável, desagradável, neutro) sem julgamento.

  • Tornar-se consciente da fome física e dos sinais de saciedade para guiá-lo nas decisões de começar e parar de comer.

(The Center for Mindful Eating)

Texto compartilhado do site LuizaCamargo em mais uma nova parceria com o blog Felicidade Sustentável. Acesse o site para ver a agenda desse programa de Mindful Eating.

Fanpage da Luiza Camargo no  Facebook

  • imagem de capa do banco de imagem Pixabay
Continuar Lendo

Granola de sementes, receita do projeto de livro Paz, Amor e Granola

Vida Saudável - Chirles Oliveira - 24 de março de 2016

Esta receita de granola é um tanto quando diferente, pois é feita na frigideira ao invés de usar o forno, gosto de usar uma panela wok (aquela chinesa), pois é perfeita para tostar os grãos. A sugestão é fazer uma graça e servir granola quentinha por cima de um açaí gelado ou até mesmo um creme de abacate.

Granola com creme de abacate

Granola de sementes

Os ingredientes desta receita são fáceis de encontrar, com exceção da tonka que pode ser facilmente substituída por cravo em pó ou baunilha.

(vegan e sem glúten)

Ingredientes

. 1/2 xícara de gergelim sem pele

. 1/2 xícara de semente de girassol sem casca

. 1/2 xícara de semente de linhaça inteira ou recém triturada

. 1 xícara de quinoa em flocos

. 2 colheres de sopa de óleo de coco

. 3-4 colheres de sopa de melado de cana*

. 1/2 xícara de uva-passa sem semente

. 1 boa pitada de tonka ralada ou cravo em pó

Modo de fazer

Toste os 4 primeiros ingredientes em fogo médio em uma panela de boca larga (gosto de fazer na wok) mexendo até dourar. Reserve. Na mesma panela, adicione o óleo, o melado e a tona e mexa até derreter. Coloque as sementes tostadas e a uva-passa. Não pare de mexer por 5 minutos. Mexa constantemente e fique atento(a) para que as sementes não grudem e queimem. Sirva com fruta da época.

*Se houver restrição de açúcar exclua o melado da receita.

**Para armazenar espere esfriar por completo e experimente dobrar a quantidade da receita.

Acesse o site e colabore com a campanha http://www.catarse.me/granola

Por Rita Taraborelli*
As fotos desse artigo são da Rita e da Camila Fontenele

Facebook da Rita

Texto compartilhado em parceria com o site  Nowmastê
Fanpage: Nowmastê
Continuar Lendo

Menos lixo e mais cuidado com o que você come!

Sustentabilidade - Laila Rezende - 22 de fevereiro de 2016

Todos os anos 8 milhões de toneladas de plástico são jogadas no mar em todo o mundo ( Plastic Ocean, 2016) e os cientistas alertam que em 2050 haverá mais plástico que peixes nos oceanos*. O plástico nos oceanos confunde os animais marinhos que os engolem e morrem, além de gerar inúmeros desequilíbrios ambientais (digitem no youtube “plástico e oceanos” e vejam o tamanho do problema).

É uma situação preocupante. Mas o que tudo isso tem a ver com a minha alimentação?

Tudo! Tudo o que você compra, alimentício ou não, vem com embalagens que não são recicláveis ou recicladas, esgotando os recursos naturais do planeta, além de poluí-lo.

Cada vez mais embalagens são utilizadas para agregar valor ao alimento, deixando-o mais atrativo para o consumidor, mas também mais caro e menos ecológico.

alimento_embalagem

No meu dia-a-dia procuro comprar alimentos que possuam a menor quantidade de embalagens possível, e, de preferência, não possuam plástico ou isopor na embalagem.  Prefiro as embalagens de papel ou papelão, sempre.

Outro modo de contribuir para o planeta através da alimentação é comprar alimentos regionais e de época ( que estão na safra). Alimentos que estão na safra são mais baratos, de melhor valor nutricional, e geralmente tem grandes perdas em supermercados e locais de distribuição, pela diminuição no valor de venda devido à grande produção.

Os alimentos regionais são produzidos no local onde são consumidos ou em suas proximidades. Foram transportados a pequenas distâncias, gerando menos CO2 para a atmosfera. Os alimentos regionais ainda fomentam a economia local e as vezes podem vir de pequenos produtores.

E que tal ficar um dia da semana sem comer carne? A indústria da carne é grande poluidora e responsável por grande parte dos desmatamentos da Amazônia. Uma refeição rica em vegetais e grãos como grão de bico, soja, ervilha, quinoa é uma refeição rica em fibras, vitaminas, minerais e compostos antioxidantes e fitoquímicos, que podem trazer grande benefício para sua saúde.

E não podemos esquecer  que quase um terço dos alimentos produzidos no mundo são desperdiçados, seja na produção, transporte, venda ou consumidor final. Isto gera um custo enorme para o planeta e para a economia mundial.

Pois é, quem diria que dava para ajudar o planeta comendo? Pois dá sim, e muito! E o futuro está na mãos de cada um de nós.

*(dados divulgados no Fórum Econômico Mundial de Davos)


				
Continuar Lendo

Geleia caseira de mexerica: simples e saborosa!

Vida Saudável - Chirles Oliveira - 15 de janeiro de 2016

 

Arquivo @cozinhadatata

As geleias são ótimas em torradas, no iogurte, como cobertura de bolo, uma cheesecake, acompanhada de um queijo, para complementar um sorvete, são inúmeras as opções e quando feitas em casa, além de dispensarem o uso de conservantes artificiais, ficam ainda mais gostosas que as industrializadas. O ideal é escolher uma fruta da estação, de preferencia orgânica.

Eu escolhi a mexerica, essa fruta deliciosa que tem diversos nomes dependendo da região do país, como mimosa, bergamota, vergamota, tangerina. É uma fruta rica em vitaminas A, C e do complexo B. Forte pela cor e pelo aroma é rica em potássio, magnésio, cálcio e outros minerais, que nos garantem muitos benefícios. É diurética, calmante, anti-inflamatória. Contém pouquíssimo açúcar, além de ser uma excelente fonte de fibra natural.
A receita é simples, é só preciso ter paciência.
Ingredientes:
– 800g de mexerica
– 400g de açúcar demerara
-500 ml de água
Modo de Preparo:
Descascar as mexericas, retirar todas as partes brancas que envolvem a fruta, cortar em pedaços e retirar todas as sementes.  Utilizar uma panela de fundo grosso, colocar a fruta o açúcar e a água. Cozinhar em fogo baixo, mexendo de vez em quando.
Se desejar, pode se acrescentar pedacinhos da casca para cozinhar junto com a fruta, nesse caso, é preciso aferventar separadamente por 3 vezes, e depois juntar com a fruta para cozinhar.
Arquivo @cozinhadatata
 
 
arquivo @cozinhadatata
 
Armazenagem
Ferva o vidro e a tampa (se não for de plástico) em uma panela grande o suficiente para que ele fique submerso por inteiro. Se a tampa for de plástico, lave bem e escalde, mas não ferva mergulhada em água para evitar a liberação de toxinas. Na hora de retirar o vidro, nada de usar as mãos: use uma pinça, também esterilizada. Não utilize panos ou papéis para secá-lo: vire-o de cabeça para baixo sobre um pano limpo e seco, e deixe secar por bastante tempo. Assim o ar não contamina o interior. Colocar a geleia ainda quente dentro do pote, tampar e virar o pote de cabeça pra baixo para ajudar a tirar o ar. 

 

Arquivo @cozinhadatata

Para assistir o vídeo com o passo a passo dessa receita acesse o link Geleia de Mexerica, em que gravei para o programa Vida Melhor, da Rede Vida.


 
 Sou Taisa Schaeffer Andrade, formada em Educação Física, mãe de dois meninos, amante da boa culinária, curiosa e inspirada pelo que há de bom na vida! 
Vocês podem me seguir no instagram  @cozinhadatata e no 
Facebook, estou sempre  compartilhando receitas e informações.
Continuar Lendo

Lanche no Pote: marmita chique e saudável

Vida Saudável - Chirles Oliveira - 13 de janeiro de 2016

A moda das marmitas veio com tudo nessa geração que busca uma alimentação saudável longe das ofertas da lanchonete da esquina e dos produtos industrializados prontos do supermercado.

Levar o seu almoço, o seu lanche da tarde para o trabalho, para depois da academia te garante uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes. Comer nas horas certas deixa o corpo mais nutrido.

Ai no pote tem mel orgânico, iogurte caseiro sem açúcar, chia, linhaça, aveia, damasco e nozes. Um mix de fibras, proteína e carboidrato. Um lanche completo com alto valor nutricional. Pode substituir o café da manhã ou mesmo ser um lanche da tarde, pós treino.
E o melhor é você preparar com um dia de antecedência e usar o que tiver em casa para montar a seu gosto. Com criatividade você pode mudar o sabor todos os dias, tendo um lanche rápido, saudável e saboroso.

Opções:
• Leite (leite desnatado, leite de coco, leite de amêndoa.. ),
• Iogurte (não pode ser muito liquido, precisa ser mais consistente para não misturar),
• Aveia, flocos de centeio, amaranto, quinoa, trigo, milho,  granola, muesli…),
• frutas frescas ((maçã ralada, frutos vermelhos, morangos, banana em rodelas, kiwi, manga em pedaços etc)
• frutas secas (damasco, uva passa, banana passa, goji berry…)
• castanhas (nozes, amêndoas, avelas, castanha de caju, castanha do pará..),
• mel, agave,
• Sementes (chia, linhaça, sésamo, abóbora, girassol)
• Canela em pó
• Raspa de lima, limão ou laranja

Esse da foto eu fiz uma camada única, misturei na hora de comer, mas você pode fazer várias camadas. Você pode começar com uma base de 50ml de leite magro (ou algum leite vegetal que preferir) com uma colher de chia (deixe 30 minutos descansando até a chia absorver o leite).  Coloque o primeiro nível de fruta. Inclua a gosto (Aveia, Quinoa em flocos, Trigo, Granola  etc), Acrescente o Segundo nível de fruta, Coloque iogurte, Finalize com mais fruta e castanhas se desejar ou uma colher de mel ou agave.

Coloque em um pote de vidro tampado. E guarde na geladeira até a hora de comer.

Sugestão de Receita
Ingredientes
1 pote de iogurte natural (170 g)
1/2 xícara (chá) de leite
1 colher (sopa) de mel mais 2 colheres (chá) para finalizar
1 colher (sopa) de sementes de linhaça dourada
1/4 xícara (chá) de aveia
1 maçã tipo fuji
caldo de 1/2 limão
1 colher (sopa) de nozes tostadas e picadas
1 colher (sopa) de uvas-passas brancas

Modo de Preparo

1. Numa tigela, coloque o iogurte, o leite, a aveia, a linhaça e o mel. Misture e tampe (ou cubra com filme). Deixe na geladeira por 12 horas.

2. Na manhã seguinte, lave, seque e corte a maçã ao meio, no sentido do comprimento. Corte cada metade em dois. Retire as sementes e rale os pedaços de maçã sobre uma tigela, utilizando a casca como proteção para os dedos.

3. Adicione e misture o caldo de limão. Junte o muesli e mexa bem. Salpique as nozes e as uvas passas, finalize com mel e sirva a seguir.

Veja também essa opção de  Iogurte com berries e suspiros

(Fonte: Panelinha. www.panelinha.com.br da  Rita Lobo)

 Sou Taisa Schaeffer Andrade, formada em Educação Física, mãe de dois meninos, amante da boa culinária, curiosa e inspirada pelo que há de bom na vida! Vocês podem me seguir no instagram  @cozinhadatata e no Facebook e  compartilhando receitas e informações.
Continuar Lendo

Sorvete de Inhame: saboroso, prático e nutritivo! Hummm!

Vida Saudável - Chirles Oliveira - 6 de dezembro de 2015

 

Sorvete de inhame com coco…hummm ficou delicioso!

Essa sobremesa que parece de coco e tem o sabor semelhante ao sorvete de tapioca (quem é do nordeste sabe como é delicioso…) tem como base o inhame, um dos tubérculos mais benéficos para o sistema imunológico e para o sangue.

Acredito que sempre é possível fazer boas escolhas alimentares e algumas substituições para termos mais saúde. Isso não precisa ser sinônimo de falta de sabor na mesa e na vida. Dá para fazer receitas incríveis com uma boa dose de criatividade e informação. Quem gosta de sorvete de coco vai adorar essa receita saborosa e rica em potássio, vitaminas do complexo B (B1, B5 e B6), vitamina C, ferro e magnésio, que deixará seu sistema imunológico mais resistente e seu corpo forte para a correria do dia a dia.

Entretanto, antes de dar a receita gostaria de compartilhar algumas informações sobre o inhame, também conhecido como cará em algumas regiões do país. Essa raiz serve como uma verdadeira fortaleza em nosso organismo, veja quantos benefícios ela tem:

Recebi a receita do sorvete de inhame da minha amiga Ana Lúcia Tsutsui, que se lembra de tomar essa sobremesa preparada por seu pai na infância e a achar deliciosa.  Logo de cara fiz algumas mudanças, ousei diminuir a quantidade de leite condensado e acrescentei coco fresco ralado. Acredito que foi essa substituição que levou ao sabor de sorvete de tapioca…hummm ficou realmente cremoso e saborosíssimo!
Penso que é possível criar outras variações acrescentando a essa base do inhame frutas como morango, manga, abacate, cupuaçu, damasco ou alguma fruta de sua preferência. Também acredito que é possível substituir o leite condensado por mel ou melaço para tornar a receita mais saudável ainda. Cozinhar pode ser uma bela terapia, pois nos permite inventar e misturar muitos sabores! A vida fica muito mais gostosa assim, você não acha?!
Olha a receita original para vocês inventarem “mil” sabores com ela!
500g de inhame cozido
2 latas de leite condensado
500 ml de creme de leite fresco
1 colher de sobremesa de essência de baunilha
Bata tudo no liquidificador e leve para congelar.

Depois de algumas horas no freezer, você terá um sorvete fácil de fazer, nutritivo e delicioso para servir para sua família e amigos a fim de celebrar o lado bom da vida!

Sorvete pronto para ir ao freezer. Aqui em casa fiz uma receita adaptada

Abraço fraterno e até a próxima aventura na cozinha!

Continuar Lendo

Pão de Queijo Multigrãos: simplicidade, sabor e saúde numa única receita

Vida Saudável - Taisa Schaeffer Andrade - 3 de junho de 2015

 
Produção de Taisa Andrade @cozinhadatata
A busca por uma vida saudável está cada vez maior. O difícil equilíbrio entre alimentação, exercício físico e qualidade de vida é o triângulo da vez. A cada dia surgem novas teorias, dietas, novas linhas de exercício que nos fazem ficar cada vez mais em dúvida para que lado ir. O glúten ingerido durante milhares de anos agora virou vilão. O ovo condenado na minha infância virou aliado na dieta do pessoal da academia. O leite, tão importante na alimentação nos primeiros anos de vida, já está em segundo plano.
 
Feliz desse pessoal que vive ainda no seu pedacinho de terra, com uma vaquinha, meia dúzia de galinhas e uma horta cheia de salada sem agrotóxico. Mas já que essa não é a realidade da grande maioria, vamos nos virando do jeito que dá. Planta um manjericão aqui, compra um tomate orgânico ali, escolhe o ovo caipira, o frango sem hormônio, tenta de alguma maneira melhorar o dia a dia.
 
Mantendo o equilíbrio e fazendo escolhas saudáveis podemos sim comer um bolinho caseiro, um café quentinho e um pão de queijo. E se esse pão de queijo tiver grãos e ainda for feito por você mesmo em menos de 10 minutos? Fica melhor ainda, pois a satisfação de fazer algo pelas nossas mãos não tem preço.
 
A importância da presença de grãos na nossa alimentação não é novidade. Eles melhoram o trânsito intestinal, melhoram o colesterol, ajudam a emagrecer e são nutricionalmente muito ricos em fibras e vitaminas. A semente de chia tem ômega-3, antioxidantes, cálcio, proteínas, fibras, vitaminas e minerais. O amaranto é um grão que tem carboidrato, proteínas, contém os aminoácidos essenciais ao organismo, fibras, cálcio, fósforo e selênio (nutriente com excelente ação antioxidante). Já a linhaça, a marrom e a dourada, é bastante rica em lignanas, substâncias muito semelhantes ao estrógeno e por isso chamadas de fitoestrógenos, que estão relacionadas a proteção contra o câncer de mama e à saúde dos ossos das mulheres. 

    Resumindo, essa receita contém fibras, magnésio, manganês, fósforo, zinco, proteína, ferro,  cálcio, ômega-3, antioxidantes, cálcio, proteínas, fibras, vitaminas, selênio e lignanas. Tudo de bom e saudável!

 
Vamos à receita do pão de queijo com multigrãos?
 
Ingredientes:
– 150g de polvilho azedo
– 100g de queijo meia cura
– 200 ml de creme de leite
– 1 colher (sopa) de chia
– 1 colher (sopa) de amaranto
– 1 colher (sopa) de linhaça dourada
– 1 colher (sopa) de linhaça marrom
– Sal a gosto
 
Modo de preparo:
 
– Junte todos os ingredientes e amasse até virar uma massa que você consiga moldar uma bolinha, se precisar pode colocar mais polvilho para dar ponto.

– Pré-aqueça o forno a 220°C por 20 minutos. Faça bolinhas e coloque em uma forma untada e leve para assar até ficar dourado. Rende em torno de 18 unidades.
 
– Se quiser pode congelar antes de assar, é só levar as bolinhas direto para o congelador e do congelador direto para o forno. Essa massa também pode ser mantida em geladeira por 3 dias, assim você pode assar aos poucos.  

 – Assim você terá pães de queijo com grãos saborosos para tomar com um cafezinho aromático a fim de celebrar uma tarde de inverno ou um domingo aconchegante com a família. 

– Quer ver o passo-a-passo desta receita? Acesse esse vídeo em que participei do programa Vida Melhor, transmitido pelo canal Rede Vida.

Até a nossa próxima receita 3 S: Sabor, Saúde e Simplicidade!


Para quem tem alergia ou intolerância a lactose acesse essa receita de pão de mandioquinha que já publicamos no blog. #freelactose
Continuar Lendo