Postagens sobre autoconhecimento

A linguagem transformativa da comunicação afetiva

Felicidade - Carol Gaertner - 12 de março de 2019

A ruptura da comunicação é, de forma nítida, o grande obstáculo que interfere a autonomia das pessoas para a solução de conflitos. Não é à toa, assim, que em diversos momentos da vida nos deparamos com a seguinte situação: alguém falando contra o outro e não com o outro.

A Comunicação Não Violenta (CNV) é uma prática de diálogo criada, justamente, para pôr fim a tal impasse. Marshall Rosenberg, psicólogo americano, é o responsável e idealizador dessa maneira inteligente de comunicar com afeto e eficiência, auxiliando o ser humano em sua caminhada. Continuar Lendo

Continuar Lendo

Felicidade fragmentada

Felicidade - Regina Hostin - 7 de março de 2019

Ao assistir o documentário Quanto tempo o tempo tem, disponível no Netflix, entendi um pouco mais a busca incessante pela felicidade, presente em nove em cada 10 conversas.

A aceleração das mudanças tecnológicas, resulta numa aceleração da vida de quem vive conectado, ou seja, milhares de pessoas. Estamos conectados ao outro, alimentando conversas paralelas no face, no whatsapp, por email. Mas não pessoalmente. No presencial, permanecemos sozinhos. Abrimos rapidamente cada mensagem ao aviso da máquina, na esperança de que uma resposta ou curtida possa mudar nosso sentimento. Mas isso é passageiro. Rapidamente se desvanece.

Somos uma multidão de buscadores. Os buscadores da felicidade (nesse caso sugiro outro documentário Happy). Mal sabemos que ela está tão próxima: do ladinho de dentro. Mas, infelizmente não conseguimos acessá-la com a mesma facilidade que fazemos com as mensagens que vem das máquinas.

Os cientistas do documentário reforçam três desaparecimentos: a divisão de manhã, tarde e noite porque muitos passam dias no quarto trabalhando ou jogando, sem perceber se o sol apareceu ou não; a divisão de estudar, trabalhar e se aposentar para ser feliz porque agora o que todos anseiam é pela felicidade no hoje e não nas férias, muito menos na aposentadoria; e o desaparecimento da disciplina da fábrica, aquela que nos dava horários rígidos de trabalho e era a única opção onde vendíamos o tempo e em troca, recebíamos dinheiro.

Como ser feliz nesse mundo instantâneo?

O que temos buscado constantemente, instantaneamente, são prazeres vindos geralmente com a compra de algo. Mas a felicidade genuína não tem relação com esse ciclo de carência e compra. Segundo Renan Carvalho, do Movimento Orgânico (orgânicas.org), a felicidade tem relação com a satisfação plena e está conectada com o momento presente e com as pessoas a nossa volta.

Na busca pela felicidade, Renan diz que nosso desafio é migrar das sensações de prazer momentâneos para sensações de felicidade. Como? Vivendo a nossa essência. Na prática Renan recomenda o ócio reflexivo, as atividades manuais e a prática de servir outras pessoas. Eu ainda acrescentaria: reconectar-se com a natureza, cozinhar, silenciar, praticar a gratidão, ter fé, prestar atenção na respiração, fazer exercícios físicos, livrar-se do que não quer mais e comprar menos.

Parece simples. E é. Mas nesses tempos de conexão instantânea é desafiador. Vale a pena tentarmos migrar aos poucos para tentar suavizar a sensação de solidão, a dependência das curtidas para mudar os sentimentos, a falta de sentido ou mesmo um insistente vazio habitando o nosso peito.

 

Gostou? Leia também:

Felicidade: Quanto mais você tem, mais todos têm

Conjugar o Verbo viver (de forma mais leve)

 

*Image by rawpixel on Pixabay

 

Continuar Lendo

A delícia ou o dilema de se reinventar aos 40 anos

Felicidade - Paula Lima - 21 de fevereiro de 2019

Idade da loba, chegando na fase dos “enta”, a vida começa aos 40!  Este são alguns ditos populares a respeito desta nova fase de vida. Quarenta anos é uma idade cheia de riquezas devido às inúmeras experiências vividas até o momento. É uma idade na qual o indivíduo já se deparou com vários temas, casamento, maternidade, carreira, divórcio, trazendo uma riqueza de experiências como matéria-prima de uma fase na qual alguns autores a reconhecem como meia idade.

Continuar Lendo

Continuar Lendo

Muito, Pouco e Tudo – O Minimalismo Como Prática De Autoconhecimento

Sustentabilidade - Priscila Freitas - 10 de fevereiro de 2019

Eu olhava para as minhas coisas, uma porção de livros, algumas pilhas de roupas, caixas com utensílios, aparatos de cozinha, e pensava: “será que sou em quem as possui, ou o contrário?”. Foi há uns 3 anos. Eu contabilizava os meus excessos, o acúmulo dos objetos que ocupavam áreas talvez pouco conhecidas da minha vida, as papeladas que preenchiam a minha existência, enquanto eu tentava lidar com múltiplas escolhas mundo afora, cada uma delas com suas caixas e pacotes. Continuar Lendo

Continuar Lendo

A Ciência de Ser Feliz – Susan Andrews

Livros - Chirles Oliveira - 1 de fevereiro de 2019

Esse livro resume importantes questões sobre a Ciência da Felicidade e ao mesmo tempo promove uma leitura deliciosa e rápida. Sabe daqueles livros que você lê numa tarde, mas que te mostra como criar um mindset da felicidade? Confesso que ele é um dos meus favoritos, pela sua simplicidade elegante e profunda.  Continuar Lendo

Continuar Lendo

Eu sei que está doendo

Felicidade - Jared Amarante - 29 de janeiro de 2019

Queria te dizer que sei o quanto deve estar doendo aí dentro. Sei também que você lutou muito para chegar até aqui, mas ainda tem feridas abertas. Mas sei, ainda mais, que você não precisa olhar apenas para o tamanho desse machucado. Porque se tudo que for capaz de ver for a sua dor, infelizmente, não enxergará mais nada. Continuar Lendo

Continuar Lendo

Conjugar o verbo viver (de forma mais leve)

Felicidade - Regina Hostin - 24 de janeiro de 2019

Como seria conjugar na prática o verbo viver em 2019 de uma forma mais leve? Pensei em algumas sugestões, pois como diz Dalai Lama “A felicidade não é algo que vem pronto, é um resultado de suas ações”. E nós somos responsáveis por nossas escolhas, então bora viver de forma mais leve? Continuar Lendo

Continuar Lendo

BIODANZA: Tirando a vida para dançar

Vida Saudável - Carol Gaertner - 22 de janeiro de 2019

Atenção, eis aqui um convite especial à alegria de (con)viver, dançar com a alma e sorrir com o coração. Preparem-se, pois depois do convite aceito impossível retornar ao estado inicial. Você conhece a Biodanza? Continuar Lendo

Continuar Lendo

Janeiro Branco: cuide da sua saúde emocional

Vida Saudável - Paula Lima - 20 de janeiro de 2019

Olá leitores,

Ainda é tempo para dizer, feliz 2019 a todos, desejando a cada um, movimentos em direção à harmonia, à integração, à plenitude.

O início do ano é uma época que marca uma reflexão que incentiva a todos a tomarem este início como um ponto de partida para pensarem seus projetos, repensarem seus propósitos, suas relações, seja com o trabalho, com o parceiro (a), com a saúde ou consigo mesmo. Continuar Lendo

Continuar Lendo

Felicidade: uma história – Darrin M. McMahon

Livros - Chirles Oliveira - 15 de janeiro de 2019

Você quer fazer uma viagem pela história e mergulhar no tema da felicidade desde  as revoluções do século XVIII? A autora Darrin McMahon mostra neste livro em linguagem acessível a história do mais popular tema filosófico – a felicidade. Continuar Lendo

Continuar Lendo