amor

10 Posts Back Home

Acho que você precisa se perdoar

Sei que há dias em que estamos profundamente cansados, crentes e descrentes, ansiosos e calmos no mesmo espaço de tempo, entre outras milhares de sensações que assolam o coração e tira o sono. Se você tem vivido assim, será que não é hora de refletir o porquê sente-se tão perdido no tempo? Talvez lhe falte algo muito importante: a capacidade de perdoar a si mesmo por erros que não desejou. Mas não foi isso que lhe fez evoluir? Como é possível acertar sem errar? Como é possível ter sabedoria sem experiências ruins? Como é possível perceber que a luz é necessária quando nunca se andou na escuridão? Como reconhecer que reclamar não transforma sem, antes, olhar para as coisas e sentir, no mínimo, um pouco de gratidão? Não estamos aqui por acaso. Existimos para, mais do que perdoar alguém, perdoar a nós. Porque a culpa pode matar nossos potenciais. A…

Tem gente que descarta corações

Olhamos para a sociedade e pensamos: estão todos perdidos? Estão todos descartando uns aos outros? Estão todos vivendo realmente como gostariam? Estão todos em paz com sua consciência? Estão todos aproveitando as oportunidades? Estão todos conhecendo o amor? São inúmeras perguntas que rodopiam na mente dos contemporâneos. Sim, nós, pessoas tão ocupadas, aceleradas e pressionadas pelo sistema, onde ter mais é melhor do que manter a qualidade daqueles que nos cerca. E triste é pensar que estou me referindo a seres humanos. Vivemos a era da velocidade, onde nada parece ser feito para durar, nem mesmo aqueles que tocaram nosso coração. Quantas vezes achamos que aquela amizade seria para sempre? Quantas vezes trocamos votos eternos? Quantas noites fizemos promessas de uma vida juntos até que a morte nos separe? Vimos muitas pessoas partirem sem explicar o porquê, tal como não se tem uma resposta exata para essas perguntas. Simplesmente as…

Não mate leões, trabalhe com amor

Toda relação deve ser boa o bastante para fazer as pessoas crescerem. E quando falamos da área profissional, ser bom não é o suficiente, porque pode nos tornar pessoas acomodadas. Por isso, então, é imprescindível sermos excelentes. Pois, desta forma, seremos capazes de enxergar nossos potenciais com visão de águia. Porque quem deseja alçar voos altos não pode se contentar em ter um bom relacionamento com o trabalho. Sabe por quê? Porque o bom sempre fica contente, mas aquele que busca a excelência se torna feliz, realizado, apaixonado, enlouquecido pelo que faz, a tal ponto de ver a sua relação com o trabalho como uma extensão da própria vida. Transformando medo em coragem. Desafio em conquista. Obstáculo em força. Porque é de força que precisamos para movimentar o mundo que nos cerca, o trabalho que nos acolhe, e a existência que nos foi dada de presente. Não se pode achar…

Gratidão e esperança no que virá. Feliz 2017!

O campo energético responde a atenção consciente. Quando aprendemos a melhorar nossas técnicas de observação para intencionalmente afetar nosso destino, estamos a caminho de viver uma vida melhor, por nos tornarmos nossa melhor versão Numa breve retrospectiva de 2016, penso que ele foi desafiador para muita gente, inclusive para mim. Mas, ao mesmo tempo, ele permitiu o fechamento de um ciclo. Às vezes isso acontece de forma aparentemente dolorosa, ensinando pela dor de que precisamos mudar nossos padrões mentais e vibracionais e, consequentemente, nossas atitudes. Mergulhar no que se é, no que se quer, nas sombras escondidas por anos a fio, para vislumbrar um ser com mais sentido, propósito, amor e conexão com a VIDA…requer coragem, pois é um grande desafio, mas sinto que esse foi meu aprendizado em 2016. Sem tanta correira no cotidiano e em conexão com a natureza, pude aos poucos, mergulhar no meu eu para descobrir…

E quando não recebemos amor?

Não importa o quanto tenhamos amor por alguém se esta pessoa não nos quer. Não importa o quão extensos sejam nossos desejos se a pessoa “amada” não nos quer. Não importa o tamanho e a força das nossas esperanças se o outro não se importa. Sabe o que é? Não podemos forçar ninguém a ser como gostaríamos, né? E a pergunta ressoa: o que fazer quando não recebemos amor? Essa é uma verdade cruel de aceitar, mas a vida não é assim? Nunca saberemos se um relacionamento vai dar certo ou não, por isso precisamos correr o risco. Mas até quando? Por toda a vida, eu diria. Até mesmo porque cada pessoa é diferente. Ou será que ter medo de sofrer e ficar paralisado é, também, uma forma de negar o amor? Precisamos parar com tanta idealização, pois expectativa sem sabedoria pode ferir. Mas como viver sem expectativas? Calma, não…

Quanto amor e respeito nós temos pela Terra?

Nosso planeta azul, nossa Mãe-Terra existe há 4, 5 bilhões de anos. Dá para imaginar o quanto de tempo isso significa? Já parou para pensar quanto amor e respeito nós temos pela Terra? A aparição do homem é bem mais recente, cerca de 200 mil anos. Também não consigo imaginar essa representatividade de tempo. Nossa mente não está acostumada com números tão grandes. Os cientistas conseguem descobrir e absorver melhor essas dimensões temporais. Mas, o que não é difícil de compreender é que nossa existência depende das boas condições de vida do planeta. Na nossa correria cotidiana, quase nunca paramos para pensar sobre nossa jornada aqui, e sobre o quanto estamos afetando o equilíbrio ecológico de Gaia. Nossa vida depende do ar que respiramos, e ele precisa ser puro; depende dos alimentos que ingerimos, e eles não nascem nas gôndolas dos supermercados. Eles vêm da terra, do solo fértil, alimentado…

O AMOR SEMPRE CHEGA

Você sabe que nada está realmente perdido, não é mesmo? Você sabe que nenhuma dor machuca demais a ponto de nunca ser remediada, né? Você sabe que por mais saudade que sintamos, ainda assim, não morremos, correto? Você sabe que mesmo tendo sido “deixado”, nem todas as pessoas farão o mesmo, tudo bem? Você aprende que tudo nessa vida passa, entende? Você começa a aceitar que antes de amar alguém deve amar a si, ok? Você, então, concorda que muitos lhe machucaram, mas um dia chegará àquela pessoa que não fara isso, beleza? O amor sempre chega… E é com tantas interrogações, porque a vida é feita de mais perguntas do que respostas, que as coisas vão fazendo sentido em nosso dia a dia. Já reparou nisso? Um dia chegará àquela pessoa que vai desejar estar ao seu lado em silêncio, e mesmo assim terão bons momentos juntos. Que vai…

Por que você perde tanto tempo?

Você não pode achar que a vida é fácil e que todas as pessoas farão o que seu coração acredita ser o certo e justo, tão pouco deve enlouquecer com a ideia de que cairão presentes do céu para transformar o seu dia. Sabe o que a gente tem que fazer? Se permitir ser gente. Gente que cai e levanta. Gente que para e recomeça. Gente que cansa, mas não desiste. Gente que espera mais de si do que dos outros. Gente que não perde tempo. Aprecie cada momento e mergulhe em sua alma, só assim poderá perceber se vale a pena investir suas energias em um projeto ou relacionamento, lembrando que cada escolha tem uma consequência. Tudo que é feito com extrema dedicação, em algum momento, retornará como beneficio. Não estamos falando de milagres, mas de ação e reação, e essa é a lei mais forte e real que…

Para o meu grande e novo amor

Já pensou em como será a próxima pessoa que fará seu coração disparar mais rápido? Será que ela gostará dos mesmos filmes? Será que irão olhar as estrelas e contá-las como um casal verdadeiramente apaixonado? Ou será que vão, por imaturidade e medo, repetir os mesmos erros de relações anteriores? Antes de responderem essas perguntas, compreendam que pessoas inteiras vivem as melhores experiências a dois, ou seja, não espere do outro o que já deve existir em você: amor. A realidade de um relacionamento pode parecer muito complexa, mas podemos torná-la simples se aceitarmos que cada um tem um jeito de ser, e que todos, em algum momento, já acordamos de mau humor, mas isso não pode estragar nosso dia. Em algum momento já nos recusamos a fazer isso ou aquilo, mas ainda assim não se pode permitir com que detalhes destruam a beleza dos sentimentos. É preciso mais paciência…

A vida nos manda seguir…

Quantos de nós compreendemos o que fazer diante da vida que nos foi dada? Essa talvez seja uma grande pergunta, mas com bastante dificuldade para ser respondida. Contudo, é inevitável que, cedo ou tarde, tenhamos a consciência de que bem ou mal, devemos continuar vivendo, reconhecendo que somos nós os responsáveis por lamentar ou se levantar. Apesar do tamanho da saudade, apesar do quanto gostaríamos de mudar o outro, apesar de quantas coisas ainda nos faltam, apesar de ter que acordar cedo e já se sentir cansado, apesar da solidão de mãos dadas, apesar das contas altas, apesar da vontade de amar e não ser correspondido, apesar dessas e de tantas outras coisas, a vida só nos pede que continuemos andando. Somos sujeitos nessa existência a amar e desamar, perder parentes e reconquistá-los, cair e levantar, enxugar as lágrimas e trocar de sonhos, despedaçar corações e termos o nosso partido,…

Navegue
teste