a tal felicidade

3 Posts Back Home

A vida está passando. E como você está?

Fico olhando para as coisas ao redor enquanto minha mente, talvez a sua também, se pergunta o que estamos fazendo aqui e por quanto tempo estaremos de olhos abertos. A vida é essa coisa mágica, inexplicável, mas rápida. Fugaz o suficiente para nos deixar inquietos acerca de como temos visto a existência passar. Tenho a impressão de que, diante de tantas tarefas cotidianas, muitas pessoas e sonhos vão ficando para trás. Talvez tenhamos muitas obrigações que nos impedem de ver o essencial, e às vezes o essencial poderia mudar aquilo que nos machuca. Infelizmente vivemos sob o controle do: “faça isso”, “vista aquilo”, “passe na prova para tal cargo”, isto é, acumule coisas, porém corra o risco de perder pessoas, sonhos, sentimentos, evoluções. Simplesmente porque colocam sobre nossos ombros obrigações que são felicidades falsas, melhor, passageiras. Deixar uma marca positiva no mundo é saber que para alguém você foi especial.…

Aprenda a confiar

Às vezes é muito difícil olhar para dentro de nós e perceber que temos potenciais, já que, hoje em dia, existem muitas pessoas para nos desencorajar. Mas é preciso que nos lembremos que ninguém pode nos machucar tanto sem o nosso consentimento. Todas as experiências vividas, quando somadas, tem o poder de nos fazer refletir sobre nossa confiança, autoestima e medos. Quais dessas palavras tem mais força em nosso coração? Pensar sobre isso faz toda diferença! Sei que nem tudo na vida são flores, como já diz o próprio ditado. Porém também nem tudo são espinhos. De repente, tudo é uma questão de como enxergamos as coisas. Há situações que realmente precisam de lente de aumento? Será que não era só uma gota e nossa vontade de ter o controle de tudo fez daquela situação uma tempestade? Nunca será tarde para nos conectarmos com o melhor que há em nossa…

POR QUE NÃO FAZEMOS A MUDANÇA QUE NOSSA ALMA DESEJA?

O título “Por que não fazemos a mudança que nossa alma deseja? ” foi a pergunta que abriu o bate papo que minha querida Andréa Bisker e eu conduzimos na 1a Confraria dos Repensadores de 2017, a semana passada. Todos estamos vivendo um momento de transição de valores e crenças há uns bons anos. Sabemos que as mudanças são profundas e estão levando a sociedade para caminhos pouco conhecidos e, o que é pior, que elas chegaram à nossa mesa de jantar. Compreendemos já que não tem como fugir. Muito de nós vem estudando, lendo, ouvindo e discutindo para se informar e entender melhor o que se está passando no mundo. A cada palestra assistida, a cada livro lido, a cada workshop participado a experiência nos leva para a melhor compreensão daquilo que já sabemos. Vivemos reafirmando que precisamos mudar e não o fazemos. Porque? Um motivo que está sendo…

Navegue
teste