Gui Barreto

10 Posts Back Home
Gui Barreto é jornalista, roteirista e tem quatro livros publicados. Sua carreira começou aos 17 anos quando publicou seu primeiro livro, em Portugal. Hoje é um colunista do Felicidade Sustentável, sempre escrevendo sobre sentimentos e comportamento.

Toda guerra é falta de amor

Respira-se morte todos os dias na Síria. Respira-se morte todos os dias no Brasil. Respira-se morte todos os dias dentro de nós. Mas o que está acontecendo com o mundo? Alguém consegue responder tamanha e dolorosa questão? Compreendo que a existência é mais cheia de perguntas do que respostas. Porém tem horas que parece que não vamos suportar. Não estou me referindo só às guerras, porque elas “nunca” vão cessar, e sim sobre a nossa postura diante de tudo que está a nossa frente. Quando abrimos os olhos o que  importa se temos orgulho de mais? Quando olhamos pro outro o que importa é o que ele tem para oferecer ou o tamanho de sua ferida? Quando penso que minha vida “está confortável”, por isso cada “um com seus problemas”, será que minhas orações fazem sentido? Deus, os seres celestiais, as energias do bem, o universo, pode até escutar minhas…

Demonstre, ou perderá seu amor

A gente sempre se pergunta o porquê de algumas pessoas serem completamente diferentes do que imaginamos. E aí fica a sensação de que o ruim é criar expectativas. Mas viver sem elas não seria, talvez, uma forma de negar o que sentimos? Mas , fique atento: demonstre, ou perderá seu amor! Uma pergunta assim pode fazer uma bagunça no coração. Por isso muitas pessoas desistem de encontrar “a alma gêmea”. Outros sequer sentem vontade de um colo nas noites frias. E, com certeza, há aqueles que ainda carregam feridas profundas. Mágoas maiores ainda. Porém, viver sem cicatrizes, pelo menos nessa existência é algo impossível. Já ouvi dizer que ter o coração despedaçado significa que tentativas foram feitas. Entretanto, será que nos orgulhamos dessa ideia? Ou estamos desesperados por uma companhia apenas para provar ao nosso ego que somos maravilhosos? Com tantas questões postas sobre o palco da vida, fica difícil…

Você tem valor diante da vida

Todos, em algum momento, dessa instável existência, já se perguntou o que é viver? Sentir? Se relacionar? Pode ser que sim, porém pode ser que não, e isso certamente é muito triste. Porém, sem desespero, ainda há tempo de refletir – mas talvez não haja sempre -, e perceber que dificuldades sempre vão existir, mas elas não podem tirar a graça da vida. Porque diante de uma situação você tem duas escolhas: vê-la como uma tragédia ou uma grande oportunidade. Claro que as coisas, na prática, não são tão simples quanto gostaríamos. Contudo, o equilíbrio é o melhor caminho para todas as ocasiões, justamente por não nos permitir vacilar ao extremo. Mas e quando as pessoas não são equilibradas e querem impedir que sejamos? Demonstre amor. Porque às vezes os seres humanos só precisam se sentir especiais. Isso nem sempre será fácil, pois vivemos em constante oscilação sentimental, tentando se…

Somos todos aprendizes

Há muitos motivos pelos quais uma pessoa sai de nossa vida ou nós saímos da vida dela. Mas, há dois deles – a morte ou o término de uma relação -, que machucam muito. Mas, lembremos, somos todos aprendizes. E aí sempre sobra um buraco no peito que, nos primeiros dias, não é preenchido por nada. A presença que existia não está mais por perto. E isso começa a machucar. Dilacera, corta, até o dia em que, após ter mergulhado no limite da dor, o coração se anestesia e “para de doer”. Quando isso acontece você percebe que não morre porque a pessoa foi embora, como você dizia que morreria. Que a vida continua bela, mesmo quando falava que nada mais tinha cor. E dia após dia as coisas vão amenizando, porque você sabe que a vida continua. E se ela prossegue, você, após a tempestade que lhe atacou, mas…

Não procure o amor

Sabe por que você não encontra o amor da sua vida? Já se perguntou isso? Encontrou a resposta? Certamente é porque você está procurando, desesperadamente, aquilo que não se busca, mas se encontra, se esbarra, tropeça, se reconhece e, com a afinidade de duas almas, nasce esse sentimento. Quando estamos, de maneira descontrolada, por medo da solidão, ou achando que a vida só faz sentido se tivemos alguém, buscando por um amor, com certeza vamos nos frustrar. Porque um sentimento como esse não está à venda nos supermercados. Não vem na cesta básica da empresa. Não está no bingo ou na loteria. Muito menos chega até nós sem que estejamos dispostos a sacrifícios. Sim, o amor requer sacrifícios, mas não a ponto de duas pessoas estaremos juntas e, de mãos dadas, sentirem-se mais sozinhas do que acompanhadas. Mais tristes do que felizes. Mais esquecidas do que lembradas. Mais toleradas do…

Você já descobriu o seu propósito de vida?

Somos bombardeados, todos os dias, por muitas informações. Será que essa avalanche de notícias tem nos ajudado a refletir sobre qual é o propósito da vida? Ou, pelo menos, qual é o propósito da sua existência? Pode ser que você esteja muito cansado. Pode ser que seu coração já esteja murcho de tanto ofertar amor e não ser correspondido. Pode ser que você esteja com os pés cheios de bolhas por caminhar em direção aos seus maiores sonhos. Pode ser que você esteja querendo desistir. Mas, diante de tudo isso, também é possível parar um pouco. Olhe para dentro do seu coração. Se pergunte: o que o faz pulsar mais rápido? Quais coisas que, ao serem realizadas, te trazem alegria? Será que não são essas coisas parte do sentido que está buscando? Então, por que tem tido mais medo? Por que nos ensinam que o impossível é lugar só para…

Não mate leões, trabalhe com amor

Toda relação deve ser boa o bastante para fazer as pessoas crescerem. E quando falamos da área profissional, ser bom não é o suficiente, porque pode nos tornar pessoas acomodadas. Por isso, então, é imprescindível sermos excelentes. Pois, desta forma, seremos capazes de enxergar nossos potenciais com visão de águia. Porque quem deseja alçar voos altos não pode se contentar em ter um bom relacionamento com o trabalho. Sabe por quê? Porque o bom sempre fica contente, mas aquele que busca a excelência se torna feliz, realizado, apaixonado, enlouquecido pelo que faz, a tal ponto de ver a sua relação com o trabalho como uma extensão da própria vida. Transformando medo em coragem. Desafio em conquista. Obstáculo em força. Porque é de força que precisamos para movimentar o mundo que nos cerca, o trabalho que nos acolhe, e a existência que nos foi dada de presente. Não se pode achar…

Você não quer ou não sabe amar?

Já cansei de ouvir pessoas dizendo que o amor caiu na rotina, que não era para ser, que aquela não era a pessoa certa, que o destino quis ao contrário. É tão fácil dizer essas coisas, né? Difícil mesmo é se colocar como responsável por sua própria existência e sentimentos. Porque quando se ama não tem desculpas, e sim desejos de fazer dar certo. Afinal, a vida é uma só. Você não quer ou não sabe amar? Não tente provar a si mesmo que você é perfeito ou que precisa de alguém com esse mesmo status, porque isso é navegar em ilusão. E, sinceramente, príncipes e princesas só existem nos filmes, e até lá, eles, em algum momento se machucam, percebendo, então, que o amor é um sentimento que requer sabedoria, sacrifício, metas. Porque no dia em que você amar de verdade, tenha certeza, você lutará por isso. Estamos cansados,…

Nunca vi alguém morrer de amor

Poderíamos falar que o amor, o mais lindo dos sentimentos, é algo eterno. Mas isso seria uma grande mentira para aqueles que não conseguiram terminar a vida ao lado de uma pessoa? Talvez sim, talvez não. A verdade, quesito óbvio, é que o fim do amor não é quando as pessoas rompem suas relações – porque isso pode acontecer e é perfeitamente normal -, e sim quando as promessas não se realizam e a reciprocidade morre primeiro. Não podemos viver acreditando em eternidade, pois as pessoas mudam e os sentimentos também. Contudo, quando o diálogo vira monólogo, as semelhanças viram intolerâncias, as palavras viram facas, tudo começa a se desgastar e, assim, o que chamamos de amor passa a se chamar fase terminal. No entanto, será que isso é bom? Será que toda relação realmente foi feita para durar? Será que, às vezes, não é melhor se retirar do cenário…

Por que esse desespero?

Já parou para pensar sobre as coisas, nessa vida, que realmente importam? Já se deu conta de que todos os dias temos um espetáculo da natureza diante dos olhos e, por corrermos tanto, deixamos isso passar? Já se perguntou o porquê você está tão apegado a alguém que não tem tempo para você? Já se culpou pela rotina que leva? Por pegar o trem lotado? Por acordar cedo? Não se culpe. Há pessoas que só queriam acordar de um coma. Há pessoas que só queriam que alguma triste doença desaparecesse. Há pessoas, agora, em toda parte do mundo, lutando para sobreviver. Então, por que esse desespero? Não se desespere por ter sido desacreditado, pois muitos gênios ouviram que suas invenções jamais dariam certo. Não se desespere se a pessoa amada não lhe corresponde, pois ela não é a única no mundo. Não se desespere se o seu coração foi partido…

Navegue
teste