Chirles Oliveira

10 Posts Back Home
Sou Jornalista, Mestre em Comunicação e Práticas de Consumo e Certificada pela Schumacher College Brasil em Ciências Holísticas e Economia para Transição. Sou praticante e professora de Hatha Yoga e estou sempre em busca de autoconhecimento, pois penso que o grande desafio da vida é equilibrar o lado pessoal, profissional, social e espiritual. Sou apreciadora de uma vida mais simples, em contato com a natureza e em conexão com as pessoas. Acredito que gentileza gera gentileza e que o amor e as boas relações conduzem ao caminho de uma vida mais feliz e sustentável.

Quando a amizade é verdadeira?

Ao longo da vida encontramos pessoas que passam por nós por um instante, uma breve experiência, uma caminhada ou uma jornada. Por essas diferentes situações, o que torna uma amizade verdadeira? Muitas pessoas tem a oportunidade de cultivar amigos desde a infância, os amigos de longa data; outras conseguem viver intensamente uma amizade pelo período de trabalho, de férias, de um retiro, pois algo é construído ali. Talvez sejam reencontros! Na verdade, há muitas situações de encontros, sintonias, sincronicidades, e nenhuma fórmula ou explicação para os laços afetivos tecidos numa relação de amizade verdadeira. E o que é amizade para você? É longevidade ou intensidade? Muitas vezes, queremos uma vida permanente onde tudo é estável. Mas a vida e os grandes sábios tem nos mostrado exatamente o contrário, que crescemos quando mudamos. Quando permitimos dar um passo, depois outro, numa caminhada que precisa de fé, coragem, dedicação, e encontros, sejam…

Meditar e fazer o bem nos aproxima da felicidade

Muitas pessoas pensam sobre o que as tornam felizes, mas no fundo acham complicado viver esse desejo tão intrínseco no cotidiano. Atolados pelos afazeres como trabalho, estudos, trânsito, obrigações, e até a demanda com as redes sociais, a pessoas veem o dia passar e a felicidade não chegar. Mas se a busca pela felicidade é tão antiga – datada pelas reflexões de Aristóteles (384 a.C a 322 a.C) na Grécia, que afirmava que a felicidade era o maior bem do homem -, por que parece tão complicado atingir essa tal felicidade? Aristóteles afirmava que a felicidade se expressava tanto no viver bem quanto no fazer o bem, e talvez possamos descomplicar essa busca refletindo sobre essa afirmação. Quando buscamos a felicidade pautada somente no “eu”, no “ego”, no “ID” dificilmente sentiremos a felicidade autêntica ou plena, pois estamos acolhendo apenas uma parte do viver bem! No documentário A Revolução do…

Indo além do muro

Há duas semanas calei a minha voz neste blog. Difícil escrever com tantos acontecimentos ruins em volta: a delicada situação de saúde da Maria Luisa (quer conhecer o que aconteceu com ela? clique aqui), bomba química lançada de um lado, resposta com mísseis de outro, testes nucleares, descobertas de níveis de corrupção que, mesmo conscientes que seja uma prática comum no mundo do poder – seja ele qual for – nos surpreende pelo volume e proporção. A tristeza me invadiu e me fez calar. Mas a Quaresma passou, fui aos poucos rompendo com a inercia que me envolvia e na busca por temas para escrever, intencionalmente, longe dos temas que entristecem, naveguei por diferentes aspectos positivos que andam acontecendo e que parecem poucos dado o foco que damos ao negativo. Vendo a quantidade de movimentos, iniciativas, mudanças de atitudes que estamos vivendo na construção de uma sociedade mais próxima ao…

Schumacher College – Uma escola sustentável

Por Regina Hostin* Viagem de estudos De Londres até Totnes, no sudoeste da Inglaterra, são mais ou menos 3 horas e meia de viagem de trem. Mas você nem sente o tempo passar. A paisagem é linda. Aos poucos o mar e o verde vão formando um novo cenário e você entra em contato com uma outra Inglaterra. A estação de Totnes é um charme. Pequenininha. E os taxistas, simpatíssimos. Já ali você começa a se sentir em casa. São vários os motivos que atraem os visitantes a este pedaço do universo, talvez ainda pouco conhecido. É possível estudar inglês em Totnes, sem estar cercado por muitos brasileiros, e também aprender mais sobre Cidades em Transição (Totnes é a primeira cidade em transição do mundo). O movimento foi criado pelo inglês Rob Hopkins com o objetivo de transformar as cidades em modelos sustentáveis, menos dependentes do petróleo, mais integradas à natureza…

Que venha o outono com sua riqueza e sabedoria

Que saibamos apreciar a riqueza de cada estação e o novo ciclo É tempo de observar a natureza. Observar os ciclos da terra. Observar a sabedoria das árvores e a riqueza do solo. Que recebamos o outono com sua riqueza e sabedoria. É hora da transição entre a euforia do verão para o recolhimento do inverno. É tempo de colheita, de acolher, de guardar para o frio, e de agradecer por tudo que nos foi dado até aqui. De honrar nossas conquistas, nossa família, nossos antepassados, nosso ser com suas dores e sombras, luzes e paz. É momento de introspecção e silêncio. É tempo de ventos, ventanias, de brisas e de movimentos sutis. É hora de ir para caverna e encontrar o conforto nos braços da Grande Mãe. É hora de entrega, de desprendimento, de deixar as folhas cair e nutrir o solo para o que estar por vir. Entramos…

POR QUE NÃO FAZEMOS A MUDANÇA QUE NOSSA ALMA DESEJA?

O título “Por que não fazemos a mudança que nossa alma deseja? ” foi a pergunta que abriu o bate papo que minha querida Andréa Bisker e eu conduzimos na 1a Confraria dos Repensadores de 2017, a semana passada. Todos estamos vivendo um momento de transição de valores e crenças há uns bons anos. Sabemos que as mudanças são profundas e estão levando a sociedade para caminhos pouco conhecidos e, o que é pior, que elas chegaram à nossa mesa de jantar. Compreendemos já que não tem como fugir. Muito de nós vem estudando, lendo, ouvindo e discutindo para se informar e entender melhor o que se está passando no mundo. A cada palestra assistida, a cada livro lido, a cada workshop participado a experiência nos leva para a melhor compreensão daquilo que já sabemos. Vivemos reafirmando que precisamos mudar e não o fazemos. Porque? Um motivo que está sendo…

Em tempos de incertezas, a fé na vida é nossa inspiração

Você parou para pensar que a Fé é o nosso poder de transformar? É ela que movimenta nossa caminhada em direção ao crescimento, à evolução, à realização, à cura. A fé na vida é nossa inspiração para continuar lutando pelo que acreditamos. Falar em Fé e espiritualidade na roda de amigos, no trabalho ou mesmo em outros ciclos sociais era algo constrangedor no passado… As pessoas só comungavam sua fé nos templos, em casa, em seu habit mais secreto. Ultimamente, em razão da transição planetária e na entrada efetiva na Era de Aquários… tenho percebido um movimento um pouco diferente, mais aberto, mais dialógico, mais relacional, inclusive entre as religiões. “Eu sou muçulmano, um hindu, um cristão e um judeu – e vocês todos também são!” Assim falou Mahatma Gandhi. Como um líder espiritual e precursor da comunicação não violenta, Gandhi estava se referindo à verdade universal do coração. Essa…

Gratidão e esperança no que virá. Feliz 2017!

O campo energético responde a atenção consciente. Quando aprendemos a melhorar nossas técnicas de observação para intencionalmente afetar nosso destino, estamos a caminho de viver uma vida melhor, por nos tornarmos nossa melhor versão Numa breve retrospectiva de 2016, penso que ele foi desafiador para muita gente, inclusive para mim. Mas, ao mesmo tempo, ele permitiu o fechamento de um ciclo. Às vezes isso acontece de forma aparentemente dolorosa, ensinando pela dor de que precisamos mudar nossos padrões mentais e vibracionais e, consequentemente, nossas atitudes. Mergulhar no que se é, no que se quer, nas sombras escondidas por anos a fio, para vislumbrar um ser com mais sentido, propósito, amor e conexão com a VIDA…requer coragem, pois é um grande desafio, mas sinto que esse foi meu aprendizado em 2016. Sem tanta correira no cotidiano e em conexão com a natureza, pude aos poucos, mergulhar no meu eu para descobrir…

A Carta do Cacique Seattle, em 1855

Em 1855, o cacique Seattle, da tribo Suquamish, do Estado de Washington, enviou esta carta ao presidente dos Estados Unidos (Francis Pierce), depois de o Governo haver dado a entender que pretendia comprar o território ocupado por aqueles índios. Faz mais de um século e meio. Mas o desabafo do cacique tem uma incrível atualidade. A carta: “O grande chefe de Washington mandou dizer que quer comprar a nossa terra. O grande chefe assegurou-nos também da sua amizade e benevolência. Isto é gentil de sua parte, pois sabemos que ele não necessita da nossa amizade. Nós vamos pensar na sua oferta, pois sabemos que se não o fizermos, o homem branco virá com armas e tomará a nossa terra. O grande chefe de Washington pode acreditar no que o chefe Seattle diz com a mesma certeza com que nossos irmãos brancos podem confiar na mudança das estações do ano. Minha…

Que venha a era do encontro! Cansei das velhas histórias!

Um dia na história da civilização, criaram uma versão de mundo de que somos seres separados. Nós acreditamos e evoluímos nessa direção racional, materialista, mecanicista e desconectada. Mas a história da separação é uma inverdade, pois Todos Somos Um. Tenho observado de que estamos vivendo um tempo de transição. Transição na política, na economia, nas relações com o outro e com a natureza. Como afirmou Charles Eisentein, em sua palestra no Sesc da Vila Mariana, no último dia 23 de dezembro, a próxima história será da Era do Encontro, das relações pautadas nos valores e no propósito de vida, na abundância e na interconexão,  no cuidado e no coração. Essa nova era cultural está baseada na consciência, na reflexão, na colaboração, na comunhão dos corações. Então, para adentrarmos nesse novo tempo, permitamos – nos curar do desamor; permitamos – nos curar dos medos da escassez; permitamos- nos curar com a…

Navegue
teste