Arquivos

Quando nos roubaram o direito de sermos sensíveis?

Felicidade - Camila Napolitano - 13 de julho de 2017

Quem assiste Masterchef sabe a rotina que é escutar o participante Valter falar o quanto ele não chora e como ele disse na última semana, o quanto “sempre tem uma mulher chorando!Continuar Lendo

Continuar Lendo

Resgatando nosso altruísmo

Vida Saudável - Camila Napolitano - 30 de maio de 2017

Nascemos seres altruístas, mas conforme somos impactos pela cultura do meio em que vivemos, pelos ensinamentos dos nossos pais, pela escola, pelos amigos que vamos conhecendo, isso vai se tornando oculto, só se revelando, quando estamos ao lado de pessoas próximas, que conhecemos e que nos damos bem.

Continuar Lendo

Continuar Lendo

A quem pertence seu futuro?

Felicidade - Camila Napolitano - 26 de abril de 2017

 

  • Indico a leitura, escutando essa linda música do Yiruma “River flows in you”.

Seu futuro é seu e essa é uma reflexão que deve ser feita diariamente.

Quantos dos seus sonhos são realmente seus e quantos dos seus sonhos são futuros que foram impostos à você?

Minha missão hoje é fazer você refletir sobre o caminho que tem seguido e sobre quem tem trilhado por você: a sociedade, seus pais, sua família, um grupo político?

Hoje te convido a fechar os olhos por uns minutos e pensar sobre seu futuro, sobre onde VOCÊ se vê daqui a uns anos: Você está feliz? O que te trouxe essa felicidade? Você é reconhecido (a) ? Você já escolheu sua profissão ou carreira? Está feliz com essa escolha? Você já encontrou seu parceiro ou ainda busca um amor idealizado? O que seu coração sente quando pensa sobre essas questões?

Feche os olhos e realmente pense em tudo isso, pense no que você gostaria de ser que você ainda não é. O que você gostaria de manter e o que gostaria de descartar? Conecte-se com você sem ruídos externos.

Te convido a pensar no futuro como infinitas possibilidades. Como escolhas, oportunidades e conquistas em que VOCÊ é a peça principal. O protagonista do seu destino.

Depois de refletir sobre o que você realmente quer e sobre como pode ser o futuro,  te convido a pensar no que você pode fazer para que esse futuro se torne REALIDADE. Pensar não de forma vazia, não somente de um jeito sonhador: “Ah! Seria lindo se fosse assim!”.

Decida e aja para que tudo seja do jeito que você QUER. Escreva num papel como cada área da sua vida está e como você a imagina no futuro, alimentando-se da voz que vem do coração, do seu sentir. Então, declare: “O que posso fazer HOJE para que eu chegue lá?”.

Faça um compromisso com você mesmo (a)!

Não entregue a vida à sorte, ao acaso. Pelo contrário, assuma um compromisso com o seu sonho. O que pode ser feito HOJE para alcançar esse futuro?

Lembre-se de focar na ação, no AGORA!

O que você pode fazer hoje para que as coisas mudem? E principalmente, pense não no que os outros esperam de você, não nas expectativas que foram criadas para você, mas sim, naqueles sonhos que são só seus.

Seu futuro de hoje é seu presente de amanhã!

Clichê? Talvez, mas é no clichê que moram os maiores ensinamentos e que muitas vezes, deixamos para lá.

Foque sempre no presente, no que ele pode te proporcionar para que seus sonhos e quem você quer ser se torne real. Lembre-se que esse é um caminho, que muita coisa pode mudar. Que desvios acontecem, faz parte. Mas que eles não podem derrubar o que vem do seu coração. Quando você acredita em algo, nenhum problema atrapalha, transforma-se em fortaleza.

A ansiedade, às vezes, vem, por conta de expectativas que criamos, pois esperamos muitas coisas, mas que não fazemos nada para que ela seja suprida. Mas o que tem me ajudado muito no meu processo de auto-conhecimento é respirar e pensar: “Qual é o passo que posso tomar HOJE para que o que eu quero aconteça?”. Nem que for uma coisa que pareça mínima, faça!

E assim, acredite, haja hoje, faça seu presente ser motivo de gratidão e pinte seu futuro com pinceladas que te façam crer que é aos poucos que a vida vai dando certo.

Seja exemplo de compromisso com você mesmo e seja quem você sempre quis ser e acredite em você, tanto quanto EU acredito.

Gratidão!

 

Continuar Lendo

O que é ter sucesso?

Felicidade - Camila Napolitano - 23 de março de 2017

Segundo o dicionário Michaelis,  sucesso é aquilo que sucede; acontecimento; fato; qualquer resultado de um negócio; bom resultado; êxito, sucedimento e por fim, pessoa (artista, escritor, cantor etc.) ou coisa (filme, peça teatral, livro etc.) que alcança grande popularidade.

Muita gente almeja ser uma pessoa de sucesso, mas essa palavra muitas vezes vem acompanhada de muitos sonhos materiais, que achamos que significa sucesso e que não necessariamente é assim.

Fiz uma pesquisa com mais de 30 pessoas para saber o que eles acham sobre o que é sucesso e se eles acreditam que são pessoas bem sucedidas e por fim, se o “ter sucesso” é assim tão importante.

Eu me surpreendi com as respostas, pois imaginava que a maioria falaria de metas financeiras, mas não foi o que aconteceu e as respostas foram variadas.

A maioria falava de equilíbrio em todos os setores da vida, ser feliz consigo mesmo independente do que você queira realizar, ser sucedido naquilo que te move e no que te faz feliz e 40% das pessoas citaram realização, sendo que essa realização poderia ser pessoal, profissional e/ou espiritual.

Somente cinco pessoas responderam que se sentem pessoas bem sucedidas e todas as que falaram que se sentiam pessoas bem sucedidas estavam em equilíbrio em todas as áreas da vida: emocional, espiritual, financeira e pessoal.

Apesar das respostas serem as mais diversas, uma coisa foi unânime, o “ter sucesso” é muito importante para todas as pessoas e ele vem muito ligada ao reconhecimento, pois se você tem sucesso, outras pessoas te reconhecem como uma pessoa bem sucedida, mas quero deixar uma sugestão aqui:

Tome cuidado com a importância que você dá ao reconhecimento!

Por que digo isso?

Pesquisando sobre o assunto, percebi que sucesso tem muito haver com os valores que você carrega, por exemplo, para mim se alguém me perguntasse “O que é sucesso e o que faria eu me ver assim?”, eu me imaginaria com meu projeto social impactando de forma positiva o mundo, vivendo do propósito na qual nasci destinada a trilhar, isso para mim, seria uma prova de que sou uma pessoa bem sucedida.

Já para outras pessoas, ter sucesso é ter equilíbrio financeiro, conseguir pagar aquela viagem dos sonhos, conhecer o mundo e se você tem esses objetivos, não há nada de errado nisso, está tudo bem, mas são objetivos diferentes para valores diferentes também.

É importante termos foco de quais são nossos valores para que não sejamos fonte de ruído e para que não trilhemos o caminho de sucesso de outra pessoa. Como assim? Ora, quem nunca viu aquela típica história do cara milionário que largou tudo para se descobrir pelo mundo ou a pessoa que nunca era feliz, mesmo tendo todos os tesouros do mundo?

Depois que você já pensou nos seus valores e o que é sucesso para você, não pense nele como algo inalcançável que só conquistaremos no fim, te convido a pensar que o sucesso é cada conquista, é uma sucessão de pequenos sucessos.

Gostei da definição de sucesso que o Luck, master coach e trainner de Alta Performance da Pandora me falou:

“Sucesso é fazer atividades sequenciais que te tiram do estado atual e te fazem ser alguém diferente (e evoluído) a cada segundo, sempre mantendo em mente que o amanhã é diferente se fizermos o melhor hoje.”

Simples, não é? Mas é isso! Gostei justamente por ser simples por não nos fazer pensar em grandes fórmulas e sim, nos fazer pensar no hoje e nos sucessos que já conquistamos ao longo da vida e que muitas vezes não lembramos por ser “pequeno” demais.

Questionei também sobre quem são as pessoas bem sucedidas que eles conhecem, todos os citados eram pessoas famosas de certa forma, os motivos eram diversos como humildade, reconhecimento no que acreditavam, ajudar pessoas, empreendedorismo etc.

O que me leva a afirmar o quanto procuramos o sucesso e nos espelhamos na grandeza, quando a pessoa já está num equilíbrio total de todas as áreas de sua vida ou pelo menos, parece estar.

Não acredito que seja ruim sonhar alto, muito pelo contrário, mas sempre lembrando que cada dia é um passo e que cada sucesso por menor que seja é importante.

Como quando você conquista um emprego, passa numa entrevista, faz uma campanha legal, dá o lugar para alguém, se forma, passa por um momento difícil, em todos esses momentos, você foi uma pessoa de sucesso.

Recebi um e-mail, na semana que estava escrevendo esse texto, da Camila Porto uma das empreendedoras mais reconhecidas no ramo do marketing digital e o tema era: O que é sucesso?

Coincidência? Não acredito nisso. Prefiro chamar de sincronicidade. Lá  ela diz que o sucesso refere-se a clareza de onde se quer chegar e que em cada momento, o sucesso vai ser conquistar uma coisa. Ou seja, que você nunca estará satisfeito.

Se pensarmos na frase “nunca estará satisfeito” como uma insatisfação, eu discordaria dela, pois eu acredito que a partir do momento que vivemos o presente, tudo nos cabe. Se começamos a aprender a aceitar que aquilo é o que é nosso para o momento, está tudo bem, mas penso de uma forma diferente, penso que esse nunca estará satisfeito é o sentimento de que você sabe que pode conquistar todos os seus sonhos e propósitos e que se você acha que pode fazer melhor, simplesmente faça!

No fim do e-mail, ela deixa uma pergunta que muitos coaches fazem para seus clientes e que gostaria de deixar para vocês:

Se você tirasse uma foto do momento em que você considera que atingiu o sucesso, o que teria nessa foto?

 

 

Continuar Lendo

Pela busca de uma felicidade sustentável

Felicidade - Camila Napolitano - 8 de fevereiro de 2017

Estava eu num dia de sábado comum procurando um filme para assistir e resolvi ver um chamado “Um anel para você”, pois decidi que queria algo mais leve, nada que me fizesse pensar em coisas mais densas, intensas, afinal, todo mundo tem os dias que só quer distrair, não é mesmo?

Pois bem, o filme me deu o que eu queria, romance, comédia, mas aí veio a mensagem, desculpem aqui pelo spoiler, o filme nos passa uma mensagem do quanto estamos sempre esperando para sermos feliz.

Esperamos o emprego perfeito, esperamos o príncipe encantado, esperamos quitar nossas dívidas, esperamos…Estamos sempre esperando, pois afinal quando tal coisa acontecer, eu serei feliz!

Mas e o hoje? Estamos felizes? Você, você que está lendo esse texto, seu dia foi feliz? Independente de todas as suas expectativas para o futuro, você fez o que desejava fazer? Ou só fez algo para seu futuro?

Sabe aquela frase de que normalmente depois dos 17 anos, a vida voa? Existem várias teorias para explicar o porquê disso acontecer, mas eu tenho minha própria teoria, que não invalida as anteriores, mas que pode nos fazer pensar também, será que não é porquê depois dos 17 começamos a corrida contra o tempo, paramos de viver o presente, para nos concentrar somente em “amanhã, isso irá acontecer!”

Pensar que o tempo passa muito rápido pode parecer triste, pois nos faz pensar que não aproveitamos o presente, não aproveitamos tanto que ele já foi embora e se tornou passado.

Somos criados com a ideia de que precisamos pensar em amanhã, como se o hoje não fosse tão importante, mas quando Renato Russo diz:

“É preciso amar as pessoas
Como se não houvesse amanhã
Porque se você parar pra pensar
Na verdade não há”

Ele está sendo pragmático em dizer a verdade, verdade essa que cantamos por aí, mas não pensamos nela inserida em nossa realidade do dia-a-dia.

Não nego que é preciso planejar o futuro, lógico que precisamos pensar em nossos sonhos e em como alcançá-los, mas que felicidade é essa que buscamos tanto e que depende de outra coisa para conquistá-la?

Que felicidade é essa que é tão esperada, tão esperada que quando conquistamos tal coisa, ela não vem? Nada é mais inconstante do que procurar uma felicidade que pode nunca chegar, afinal, se pensarmos que seremos felizes apenas quando arrumarmos aquele emprego ou quando casarmos e tivermos 4 filhos, e se isso não for conquistado, não seremos felizes? Isso não seria justo, não é mesmo?

Torço para que todos nós sejamos felizes hoje, amanhã,  que a nossa felicidade seja sustentável, ou seja, que ela mantenha-se constante, instável, independente de alguns amargos que apareçam em nossa vida.

Deixo nesse texto uma reflexão diária que eu mesma também farei:

Você está sendo feliz? Ou está esperando algo chegar?

Se você chegar à conclusão de que não é feliz, mas quer mudar isso, entenda que ser feliz é algo que acontece de dentro para fora e não ao contrário!

Busque dentro de você e irá encontrar!

Texto escrito por Camila Napolitano, jornalista, escritora do Projeto Plante Amor

Continuar Lendo