É PRECISO EXERCER GRATIDÃO

Entre meio a pensamentos certos e errados, cada dia me convenço mais que boa dose da porção da FELICIDADE diária está concentrada na palavra GRATIDÃO. Àqueles que são gratos pelas suas vidas e pelas coisas que possuem independente de ter muito ou pouco, de ser rico ou pobre, são os mesmos que esboçam um sincero sorriso no rosto e que encontram uma verdadeira motivação para continuar vivendo.

As vítimas de plantão que só reclamam da vida, de tudo e de todos colhem dor, sofrimento e amargura, vivem exalando lamúrias e atraindo ainda mais tristeza, insucesso e rancor.
Agradecer pela saúde,  pelo prato de comida diário na mesa, pela cama confortável, pela família e pelos amigos, pelo trabalho que muitas vezes parece ser árduo e sacrificante, é um exercício que deve ser feito diariamente para ser conquistar mais serenidade, paz e luz no dia a dia.

Já parou para pensar nessas questões: Quantos ao dormir simplesmente não acordam mais? Quantos não possuem absolutamente nada para comer? Quantos não têm onde dormir e nem onde morar? Quantos estão sem família? Quantos não possuem sequer um amigo? Já parou para pensar quantas pessoas gostariam de estar no seu lugar? Fazendo exatamente o que você faz?

Nessa minha trajetória, ao tentar entender o significado da palavra GRATIDÃO, me dou conta que não devemos ser gratos apenas às coisas boas que acontecem nas nossas vidas, mas sim gratos às dificuldades, aos desafios, e infelizmente, gratos àqueles que nos fizeram sofrer, que nos machucaram, que nos arrancaram lágrimas e fizeram nossos dias ainda mais cinzentos.

Muitas vezes quando alguma coisa ruim acontece conosco, não entendemos o porquê, nos vitimamos e perguntamos: Por que isto está acontecendo comigo? Eu não mereço!!! Passamos a sentir pena de nós mesmos por estarmos vivendo uma situação triste na qual julgamos não sermos merecedor. Mas todas as coisas que acontecem, sejam boas ou ruins, têm um propósito de existir.

Todo mundo consegue entender as coisas boas de uma forma simples, pois quando é bom é bom e não tem muito o quê questionar, mas quando as coisas ruins nos pegam de surpresa, nós normalmente não  a aceitamos, lutamos, choramos, nos vitimamos, e ficamos tentando achar uma resposta lógica.

Mas após muito refletir por que as coisas ruins acontecem conosco, eis que tenho a resposta: só conseguimos ser feliz se um dia formos tristes, só conseguimos valorizar um companheiro bom porque um dia nos deparamos com trastes, só conseguimos valorizar o bom emprego, porque um dia tivemos um emprego ruim, só valorizamos a saúde depois do dia que adoecemos e assim por diante.

As coisas ruins acontecem para nos mostrar que existem as boas. Só existe luz se há escuridão! Como identificar a alegria se nunca sentir a tristeza? Então penso, que as coisas ruins vêm com o propósito de nos ensinar grandes triunfos!

Muitas vezes aprendemos mais com a dor do que com o amor, pois é na dificuldade que nos questionamos, revemos nossos planos, refazemos nossas vidas e encontramos oportunidades de melhorar, de crescer, de amadurecer.

Portanto, a partir de hoje não apenas seja grato pelas coisas boas que te acontecem, mas grato por tudo que lhe foi dado, pois se estás vivendo hoje este cenário, é por que precisa se tornar uma pessoa mais forte e continuar o seu processo de evolução.

Aos obstáculos, e todas as pedras que apareceram no meu caminho: o meu sincero OBRIGADA!!!! Vocês foram úteis para meu crescimento e fortalecimento! Hoje aos 38 anos, me encontro mais calejada, mais forte, mais protegida e mais feliz!!! Pois entendo o processo natural da chuva e do sol. Apenas após a chuva é que o sol aparece!

Gratidão a cada minuto de vida, a cada suspiro de dor ou alegria, às dificuldades e às oportunidades! É preciso do feio para admirar o belo, da noite para apreciar o dia, da chuva para contemplar o sol. É preciso solidão para apreciar uma boa e pura companhia!
A todos que tiveram paciência de ler até o final: minha gratidão!!!

 

2 Comentários

  1. Oi muito bom o artigo sobre gratidão, já consigo ter essa consciência de ser grata, agora é natural para mim reconhecer as bençãos diárias, como você disse: a gratidão é felicidade. Grata por compartilhar!

  2. Pingback: Você aposta mais na Felicidade ou na Expectativa?

Deixe seu comentário

Navegue
teste