Nunca vi alguém morrer de amor

Poderíamos falar que o amor, o mais lindo dos sentimentos, é algo eterno. Mas isso seria uma grande mentira para aqueles que não conseguiram terminar a vida ao lado de uma pessoa? Talvez sim, talvez não. A verdade, quesito óbvio, é que o fim do amor não é quando as pessoas rompem suas relações – porque isso pode acontecer e é perfeitamente normal -, e sim quando as promessas não se realizam e a reciprocidade morre primeiro.

Não podemos viver acreditando em eternidade, pois as pessoas mudam e os sentimentos também. Contudo, quando o diálogo vira monólogo, as semelhanças viram intolerâncias, as palavras viram facas, tudo começa a se desgastar e, assim, o que chamamos de amor passa a se chamar fase terminal.

No entanto, será que isso é bom? Será que toda relação realmente foi feita para durar? Será que, às vezes, não é melhor se retirar do cenário e deixar uma bonita lembrança a ter que se desprender, de toda sua força, para ficar ao lado de alguém que já não quer mais estar ao seu?

Certamente esse esforço não vale a pena, e você perceberá isso quando as lágrimas secarem e sua visão se renovar. Quando seu coração, que batia frágil e solitário, perceber que tem outras almas para amar. Quando você sentir que a vida, após sofrer tanto, continua plena para te ofertar novas oportunidades. Oportunidades que podem mudar tudo para sempre.

Por isso, acalma-se, porque quem aprende a viver com alguém, aprende a viver sem também. Porque só é possível desapegar mergulhando na dor e indo cada vez mais fundo, até que você não sinta mais nada. Até que o nome da pessoa amada não seja mais lembrado. Até que o seu mundo volte ao normal. Isso depois de você achar que era o fim dele.

Lembre-se, então, do que Shakespeare disse: Não importa em quantos pedaços o seu coração seja partido, o mundo não para pra que você o conserte. E digo mais: evite se expor. Cresça com a solidão. Tenha paciência consigo mesma. Exija respeito por suas emoções. E, por fim, acredite, NINGUÉM MORRE DE AMOR.

Deixe seu comentário

Navegue
teste