“As mudanças de hábitos e suas resistências”

Na nossa vida diária, repetimos atitudes e ações que sabemos que nem sempre nos trazem satisfação, mas seguimos repetindo e não conseguimos mudá-las. Se eu sei que determinado assunto sempre me traz conflito com determinada pessoa, por que sigo repetindo o mesmo argumento em cada discussão? Se sei que comer determinada coisa não me cai bem, por que insisto em comer?

Saber que algo não nos faz bem, não é o suficiente para solucionar a questão. Porque a primeira resistência em mudar está em nos mesmos. Está na nossa falta de energia em finalizar tudo o que fazemos (física), pensamos (psíquica) e comunicamos (energética). E tudo o que fica incompleto, gera mais pensamentos, reforçando ainda mais esse automatismo e desperdício de energia.

passaros voando

Estamos programados para repetir tudo aquilo que nos gera uma satisfação momentânea. E isso é fácil de entender. Mas como explicar o fato de seguir repetindo aquilo que sabemos que não nos faz bem?

O objetivo nessa situação é buscar uma compreensão dos mecanismos mentais que alimentam essa resistência. Por trás de tal defesa existem aspectos visíveis e invisíveis. E é essa cegueira que, em Shri Vivek Yoga, chamamos de resistências ou chantagens mentais.

Resistência é tudo aquilo que reage contra a ação de outro corpo ou comportamento. Quando estamos no estado negativo (tóxicos fisicamente e mentalmente), é ainda mais difícil ver as resistências e combatê-las.

Isso acontece porque, quando estamos no estado negativo, só vemos desvantagens em mudar (isso se torna um hábito). Em tudo o que fazemos, há uma intenção de não querer modificar o próprio comportamento.

Em outras palavras, há um pessimismo escondido com relação à mudança (na verdade, queremos mudar, mas no fundo, fazemos tudo para não mudar, nos auto-sabotamos).

Um desequilíbrio na química do corpo é responsável pelo surgimento de pensamentos negativos, assim como um pensamentos negativo muda a química do corpo, dando origem a uma enfermidade. Entramos num ciclo de resistências psico-somáticas que nos impedem dar o primeiro passo.

Se já estamos nesse estado, então o que podemos fazer para nos libertarmos das resistências?

Primeiro, é preciso querer superar essas resistências e esclarecer para si mesmo por que e para que mudar.

O problema é que queremos mudar, mas não estamos dispostos a fazer nenhum esforço para isso (em Shri Vivek Yoga, damos o nome de “letargia” a esse estado). Em estado letárgico, nos falta energia para sermos conscientes das nossas resistências e atuar.

A prática contínua de ásanas (posturas), pranayamas (respirações), mantras (cantos com vibração) e meditação (silêncio mental), aliados a uma alimentação ayurvédica (adequada à nossa condição física e mental) nos dá energia para sairmos do estado letárgico. Liberando as toxinas do corpo, aumentamos a nossa capacidade de ver as resistências.

Para esse trabalho mental, os yoguis praticam a Ghyan Yoga (tradição de perguntas e respostas entre mestre e discípulo). Essa é a parte da yoga que permite desenvolver o intelecto (VIVEK) e a capacidade de pensar (repetir aquilo que sabemos que não nos faz bem significa letargia mental). É a parte da yoga que se aplica na vida cotidiana, para solucionar os conflitos, melhorar as relações e desfrutar da vida.

Por isso, para combater os mecanismos que alimentam as nossas resistência e os hábitos negativos, devemos direcionar nossos esforços nas 3 dimensões em que a energia se manifesta:

▪ Física (corpo)

▪ Psíquica (mente)

▪ Energética (comunicação, compreensão)

Shri Vivek Yoga é uma ciência acessível a todos, transmitida pelo mestre auto-realizado Shri Guruji Swami Vivekananda. Trabalha a energia nas 3 dimensões, por isso é capaz de acessar as resistências ou chantagens mentais. Todos os ensinamentos são aplicáveis na vida cotidiana, para melhorar a relação consigo mesmo e com os outros.

Ao reestabelecermos o nível de energia que precisamos, o fluxo de prana (energia vital) aumenta, a capacidade de atuar surge e passamos a completar nossas ações, sustentando os hábitos saudáveis. E aqui é onde a VIDA começa a melhorar!

Babi Minamoto
*Babi Minamoto é Coach de Shri Vivek Yoga, formada pelo Nirkpesh Sannyas Ashram (Índia) e Centro Shri Vivek Yoga (Barcelona). Terapeuta Ayurvédica, coordena as atividades de Shri Vivek Yoga no Brasil, com a colaboração do Yogui indiano Jivan Vismay. É colaboradorado site Nowmastê e idealizadora do projeto “Yoga & Ayurveda Experience”.

Conheça mais sobre Shri Vivek Yoga: www.yogashrivivekbrasil.wordpress.com

Texto compartilhado em parceria com o site Nowmastê

foto de capa by Banco de imagens Pixabay

Deixe seu comentário

Navegue
teste