Permita-se, agora, por favor

O que será que a vida espera de nós? O que você tem feito para ter uma existência mais feliz? Qual legado deixará para aqueles que ficam? Quantas perguntas, né? Talvez sejam difíceis as respostas, mas não impossível. Tenha coragem para se livrar daquilo que não lhe faz feliz. Não acumule estresse desnecessário. Não lamente todo dia e toda hora, pois isso pode arruinar sua energia para transformar.

Então, para hoje, permita-se, por favor.

Permita-se comer com mais calma e sentir o sabor das comidas, das frutas, das mais diferentes maneiras de preparar um alimento. Besteira? Não, isso pode lhe ajudar a perceber quantas coisas deliciosas existem que a sua pressa não permite degustar. Por isso, acalme-se. Permita-se ouvir as músicas que gosta, para senti-las, refletir sobre a letra, e deixar a melodia invadir cada poro do seu corpo, e assim perceber que a música pode amenizar. Permita-se ler o que te de prazer, só assim conseguirá ver a magia das palavras, e o quanto elas são poderosas para aliviar dores emocionais.

O que custa você se permitir a coisas tão simples, mas que podem mudar sua agitada rotina? O que custa tirar cinco minutos para observar o céu e agradecer pelo sol, lua e estrelas? Esse olhar lhe fará compreender que uma escuridão nunca dura para sempre, e que o sol se levanta para quem sabe reconhecer que existem apenas duas pessoas: as que lamentam e as que lutam. Quem é você, querido?

Feche os olhos e comece, passo a passo, a caminhar em direção aos seus maiores sonhos. Experimente essa sensação. Se permita a imaginação. Aguce seus instintos. Desperte seus pensamentos. Materialize desejos. Pequenas atitudes podem mudar uma vida, e às vezes pode mudar para sempre. Você acredita?

Permita-se ver a importância que as pessoas têm em sua vida. Permita-se abraçá-las mais. Permita-se perceber o quão bem fazem aqueles que estão ao seu lado, sejam os amigos, um grande amor, a família ou os colegas de trabalho. Cada pessoa tem um papel fundamental em nossa vida. Há uma história em cada uma delas, por isso não devemos julgar ninguém.

Permita-se arriscar, mesmo que esteja morrendo de medo, porque você nunca sabe o que lhe espera. Pessoas de sucesso tiveram mais coragem do que medo. E imagina se tivessem desistido? Não teríamos tantas descobertas na ciência como vemos hoje. Muitos gênios um dia já foram considerados tolos e, alguém, em algum momento desacreditou deles. Mas eles se permitiram.

Permita-se ser gente, e gente de carne e osso sabe que tem hora para chorar e sorrir. Desmoronar e se reconstruir. Permita-se não se culpar de tudo. Permita-se livrar-se de pensamentos que você acha serem pecados. Pecado é não se permitir. Permita-se ver que a vida é um milagre cotidiano e que você faz parte disso. Guie-se com sabedoria. Tenha calma, mas não pare. Grite se achar necessário. Volte se desejar, mas não perca seus valores. Permita-se ser quem realmente sente que é. A vida passa rápido demais para você ser um colecionador de lamentações. Então, querido, permita-se, por favor.

  • imagem central by Pixabay

Deixe seu comentário

Navegue
teste