Talvez não existam culpados em uma relação, mas sim erros que não devem ser repetidos. Já pensou nisso? Ao olhar por esse prisma podemos ver que o outro e, vice-versa, não é nossa propriedade. Por isso, insistentemente e diante da inconsistência das relações modernas, peço a vocês que deixe ir embora aquele que deseja.

Ou vale a pena ter alguém ao nosso lado por medo? Capricho? Covardia? Ou, simplesmente, por não nos entendermos dentro da nossa solidão? Não se limite ao outro, por favor. O nome já diz. Então… ele/ela é só o outro mesmo.

Às vezes é necessário seguir sem a voz do outro como guia principal da sua vida. Às vezes é preciso deixar as lembranças guardadas junto com as fotos. Às vezes é melhor, de fato, escancarar a porta e deixar o grande amor sair. Porque se fosse realmente amor, ele ou ela ficaria e faria as coisas darem certo, porque assim diz, sabiamente, Budha:

“Quando você gosta de uma florvocê apenas a arranca. Quando você ama uma florvocê a rega diariamente

Numa relação em que os dois não olham para o mesmo lugar é preciso que, então, se distanciem. Porque o amor são pessoas que fixam os olhos no mesmo horizonte, ainda que sejam muito diferentes. Destranque algumas portas e janelas e vá, mas deixe ir também. Acho que, em algum momento, todo mundo precisa de um recomeço. Você não acha? Isso não quer dizer fracasso, mas sabedoria.

E ser sábio é não continuar com alguém por dó. Você entende o quão profundo é isso?

Não fique a espera de um NÓS quando a pessoa ao lado insiste em um EU. Poucas coisas machucam tanto uma relação! Entenda que a pior solidão é estar de mãos dadas e carregar no peito a sensação de que está sozinho.

É certo que todas as coisas que vão, se voltam, nunca são como antes. Mas será que precisam voltar? Será que retornarão diferentes ou já não se encaixarão como antes? Permita-se conhecer seu interior e ver que, dentro de si, há tanta beleza e sonhos que não devem ser sucateados por um NÓS que não deu certo, pois a vida vale à pena quando aprendemos com as coisas que não foram bem sucedidas e nos tornamos gratos por aquelas que foram um sucesso.

Viver é equilibra-se todo dia.

Sendo assim, se ele ou você quiser ir embora, vá. Nunca vi no noticiário alguém que morreu de amor, pois este sentimento só liberta. Por isso, não confunda carência, ansiedade, medo e dependência, com amor.

Okay?

Então, seja confiante e boa sorte para quem vai.

Porque a felicidade é um merecimento de cada um.

Deixe seu comentário

Navegue
teste