fevereiro 2016

10 Posts Back Home
Showing all posts made in the month of fevereiro 2016.

Yoga, uma prática milenar de integração do eu

Na Índia usa-se o masculino, então seria o Yoga; aqui no Brasil é comum nomear como feminino, a Yoga. Mas, isso não é o mais importante, e sim entender e praticar esse ensinamento milenar que nos conecta com nossa centelha divina, com a natureza, com o todo. O verdadeiro objetivo do Yoga é a evolução integral do homem e o alcance de níveis superiores de consciência, possibilitando a vivência da liberdade e da felicidade. Ultimamente, tenho participado do encontro de Yoga e Zen Budismo em Ubatuba. Adoro ouvir os ensinamentos do Zen Budismo com a  Monja Coen. Ela nos inspira em seus livros e em suas preleções a sermos humanos mais amorosos, mais generosos e mais focados em nossa incessante busca pelo que é essencial por meio da meditação Zazen. Mas o que tem feito meu coração se encantar com seus ensinamentos e meu corpo descobrir o prazer do…

Não se machuque

O que pensar sobre essa frase: o fim não é o fim.  Simplesmente é compreender que por mais difícil que pareça uma situação, por mais cansado que estejamos, por mais triste que nos sintamos, por mais desanimados que estejamos, sempre é possível perceber que não é o fim, porque temos a oportunidade, a cada dia, de transformar tudo, reconhecendo uma das mais sutis verdades da vida: se tudo passa, porque se machucar e se preocupar tanto? Já pensou que você está, constantemente, preocupado com as contas a pagar? Com o presente para o próximo aniversário de alguém querido? Com a ideia de que terá que se reinventar – perdendo muitas vezes sua identidade -, para caber no colo de um alguém que, na maioria das vezes, não tem a mesma preocupação com você. Ou tem? Será, então, que não há um exagero de ansiedade e preocupação dentro de seu coração?…

Métodos Construtivos Alternativos

Construir uma casa com um método alternativo ao convencional está cada vez mais fácil, empresas especializadas em bioconstrução, startups com novos materiais e muita imaginação surgem nos quatro cantos do mundo. Recentemente vi o caso do pedreiro Ed Mauro que construiu sua casa com cerca de 11mil garrafas pet e ainda utilizou pneus para fazer o arrimo. Uma outra técnica que utiliza pet na sua composição, mas tem um prazo de execução bem mais curto é da startup mexicana EcoDomum que fabrica painéis modulares com plásticos reciclados. Do Brasil colonia varias construções de adobe e  taipa de pilão ainda resistem comprovando que este tipo de construção é tão durável quanto o famoso concreto e alvenaria. A terra é a base para ambos os tipos construtivos, assim como a técnica de terra ensacada (super adobe), solocimento e o COB. A matéria prima normalmente é abundante no local, afinal terra está por todos…

Como acreditar que eu podia ser feliz salvou minha vida!

Por Luc Bouveret* Abrir-se para a felicidade é abrir-se para a abundância, para a cura, para a humanidade! Todos nós temos algo a curar. Um sofrimento da infância, uma doença ainda não entendida, uma neblina que nos impede enxergar a nossa missão e o nosso talento. Para ser feliz precisa querer e para querer precisa saber o que é a felicidade. Me lembro de quando eu tinha vinte dois anos. Um dia, após um encontro profundamente amigável, eu senti uma alegria tão grande no meu coração que eu percebi pela primeira vez o que era a felicidade. Eu descobri ao mesmo tempo que eu estava num estado de depressão desde muito jovem. Foi nesse dia que saí da doença e descobri que o mundo podia ser feliz. A depressão é uma gigante carência de amor. Muitas vezes nem olhamos para o sol que vem nos acariciar amorosamente, nem olhamos para…

Um bate-papo com a Monja Coen

 Por Cristiana Dias Baptista* Há algum tempo, um amigo me chamou para ir ao Zendo Brasil assistir uma pequena palestra daMonja Coen. Eu a havia visto no filme Eu Maior e gostado muito da sua forma de falar, então topei. Vê-la ao vivo reforçou a minha primeira impressão. A de que se tratava de uma pessoa muito especial, com muita sabedoria, lucidez e eloquência. De lá para cá, li muitos textos, assisti outras palestras, participei de sessões de zazen (meditação) no Zendo e de alguns outros encontros com ela. No meio do caminho, fiquei sabendo pelo meu pai que somos primas (o nome da Monja Coen é Claudia Dias Baptista Souza; sua mãe era prima-irmã do meu avô), o que aguçou ainda mais o meu interesse. Procurando mais informações descobri, então, que a prima Monja tem uma história de vida riquíssima e cheia de transformações. Como estou começando a trilhar minha…

Menos lixo e mais cuidado com o que você come!

Todos os anos 8 milhões de toneladas de plástico são jogadas no mar em todo o mundo ( Plastic Ocean, 2016) e os cientistas alertam que em 2050 haverá mais plástico que peixes nos oceanos*. O plástico nos oceanos confunde os animais marinhos que os engolem e morrem, além de gerar inúmeros desequilíbrios ambientais (digitem no youtube “plástico e oceanos” e vejam o tamanho do problema). É uma situação preocupante. Mas o que tudo isso tem a ver com a minha alimentação? Tudo! Tudo o que você compra, alimentício ou não, vem com embalagens que não são recicláveis ou recicladas, esgotando os recursos naturais do planeta, além de poluí-lo. Cada vez mais embalagens são utilizadas para agregar valor ao alimento, deixando-o mais atrativo para o consumidor, mas também mais caro e menos ecológico. No meu dia-a-dia procuro comprar alimentos que possuam a menor quantidade de embalagens possível, e, de preferência,…

Será que precisamos de tantos cosméticos?

É uma linda manhã. Você acorda, vai ao banheiro e entra no banho. Usa shampoo, condicionador, sabonete. Se enxuga e passa o desodorante. Ah, e escova os dentes, porque bafo amanhecido ninguém merece. Sendo homem, faz a barba – usa espuma e loção pós-barba, dando aquele trato. Se der um tempinho, põe um pouco de talco no pé para amenizar o “chulézinho” básico de cada dia. Arruma o cabelo – os mais vaidosos usam um pouco de gel ou mousse para deixar o penteado estiloso. Para finalizar: uma borrifada de perfume e pronto para a rua. Muitos… Em um período de 15 a 20 minutos, dez cosméticos foram usados. Agora… se a descrição fosse de uma mulher, esse número de produtos poderia facilmente triplicar. Seriam inclusos na lista: hidratante corporal, máscara capilar, creme para pentear, tônico, esfoliante, hidratante facial, hidratante labial, primer para o rosto, primer para olhos, base, corretivo,…

Não seja herói. Seja humano!

Mãe, pai, ou qualquer um que tenha me (nos) criado. Vocês sabem que hoje sou forte graças ao apoio nas horas de desespero? Agradeço por não terem me feito acreditar que as meninas devem ser princesas e os meninos super-heróis, porque, na verdade, esses dois não existem. O que existe são seres humanos, como eu e você, que cai e levanta, que se arranha e tem que passar Merthiolat. Afinal, a vida não é um eterno se rasgar e um eterno se costurar? Então, graças à criação que tive – como espero que todos os pais sejam assim -, pude compreender que se me fosse dado tudo, talvez, hoje, eu não valorizasse nada. Aprendi que se machucar é normal, pois levantamos mais fortes. Mãe, você me ensinou que é necessário se valorizar antes de entregar o coração. Pai, você me fez ver que trabalhar demais não mata, mas que dá…

Economia solidária: um jeito diferente de fazer negócio

Hoje em dia fala-se muito sobre Economia solidária: um jeito diferente de fazer negócio e espero ser eu, a única solitária sobre o assunto. Confesso que não foi difícil encontrar boas pesquisas sobre o assunto, mas foi um pouco complicado pensar sobre um conceito tão simples e tão bonito. Estamos acostumados com as complicadas coisas sobre economia tradicional e compreender esse conceito nos deixa confuso, foi assim que fiquei. Solidária ou Solitária? Mas vamos pelas beiradas já que na economia solidária a principal ideia é não complicar e sim democratizar. Em princípio, a Economia Solidária é explicada como um modo de produção em que não há a clássica divisão da sociedade em duas partes: proprietária dominante e propriedade subalterna.   Como assim? Isso mesmo, as empresas solidárias estabelecem que todos os que detêm a propriedade necessariamente trabalham nela e, portanto, impossibilita ter uma classe que viva apenas dos rendimentos do capital sem…

Viagens e consciência ecológica: unindo sonhos

Viajar é motivo de depoimentos apaixonados: viajar é levar a alma para passear, é a única coisa que você compra e te deixa mais rico. Sempre tive dois grandes sonhos: conhecer o mundo e viver de forma consciente e sustentável.   Neste momento estou no avião voltando da Ecoaldeia Flecha da Mata, em Icarati, no Ceará. Difícil colocar em palavras a experiência magnífica que lá vivi. Não é a primeira vez que viajo para locais que tem foco na ecologia, sustentabilidade e permacultura, mas desta vez foi diferente. Fui sozinha, numa viagem de autoconhecimento, para passar um tempo vivendo o dia a dia de uma comunidade sustentável.   Fui experimentar, na prática, a vida em comunidade e de não agressão à natureza.  A energia é eólica e solar, os banhos são curtos, a alimentação orgânica e vegana e dormimos em tendas perto da mata. As construções são sustentáveis, feitas com…

Navegue
teste