julho 2015

10 Posts Back Home
Showing all posts made in the month of julho 2015.

A porta está aberta, meu amor

banco de imagem by Pixabay Você pode não insistir para sempre, mesmo quando ama demais. Já pensou assim? Sim, por vezes – incontáveis vezes -, passamos por isso, simplesmente porque todos estamos sujeitos a amar quem pode, ou não, nos corresponder. E ai, certamente, iremos nos questionar se vale a pena lutar por essa pessoa. E eu, em toda minha singela sabedoria de aprendiz, lhe digo que você, mesmo querendo muito alguém, deve deixá-lo ir, pois não detemos a guarda do coração das pessoas. Será que aceitamos isso como realidade da vida? A liberdade é algo que pode ferir muito quando um coração deseja companhia, mas, em contrapartida, pode amadurecer uma alma carente demais. Sendo assim, que possamos deixar o outro ir à hora em que achar mais conveniente, ainda que isso lhe deixe em pedaços. Sei que esse pensamento parece covarde, desumano, frio ou, talvez, arrogante, mas não são…

Horta em casa, sim você pode!

Você sempre quis ter uma hortinha, mas nunca trilhou o desconhecido mundo das plantas? Saiba que basta boa vontade, dedicação e não ter medo de errar para conseguir um pouco de verde dentro da sua casa. Você não precisa ter um jardim enorme, basta um lugar ao sol para conseguir ao menos alguns temperos! Uma horta precisa de 04 elementos básicos: luz, água, ventilação e carinho. O primeiro passo é verificar como o sol incide e por quanto tempo no local disponível para a horta: no período da manhã, da tarde, o dia todo? Esta informação será importante para definir qual tipo de planta irá ser colocada no local. Depois é preciso escolher o tipo de recipiente que será usado, pode ser uma jardineira, um pedaço de terra no quintal ou em vasos. Hoje existem várias opções no mercado que facilitam o plantio, como por exemplo os vasos…

Urgente: se ame, se encontre

banco de imagem by Pixabay Mas amar é um desafio tão grande, não é? Então… Não permita que despedacem seu coração, porque se o fizerem você terá que seguir de qualquer forma, pois para as feridas sentimentais o único remédio se chama tempo, e apenas é ingerido por um conta-gotas, ou seja, é preciso paciência para voltar a ser inteiro. Você tem essa paciência? Entretanto, essa lógica pode se inverter, porque desconfio de que há feridas que serão enterradas conosco. E aí talvez você se pergunte: se as pessoas ferem, vale a pena amar? E eu, aprendiz como você, respondo-lhe com toda certeza do mundo: Sim, vale a pena, pois o amor é o sentido da vida. Porém, essa mesma vida também é feita de surpresas e, diante disso, em alguns momentos, sua única saída será juntar seus pedaços e continuar andando. Por mais inteligente que a medicina, os professores…

Quando a performance se torna um estilo de vida

Banco de imagem do PixabayDa hora que se desperta até a hora que se vai deitar quantas vezes você se depara com a síndrome da ineficiência? Falta tempo no seu dia? Existem mais coisas para fazer do que é possível? As demandas solicitadas são para ontem? As exigências externas vão se tornando cada vez mais frequentes? Parece que todos estão em uma corrida contra o tempo. Quando não dá tempo e o dia termina com uma lista de pendências qual é a sensação? Ineficiência e improdutividade ou satisfação e plenitude? Quantas frases do tipo, não acredito que não deu tempo, eu precisava ter feito, precisava ter ido, precisava ter entregado perseguem vossas cabeças somados à sensação de cansaço, esgotamento e insatisfação. Não há problemas em ter pensamentos ou sensações como os citados acima, a questão é quando eles se tornam tão recorrentes a ponto de não perceber que o modo…

Escute a música…

banco de imagem Pixabay Todos gostamos de algum tipo de música, mas nem sempre a entendemos, por isso temos dançado de maneira equivocada, isto é, nos punimos por não saber o ritmo de todas as danças, nos punimos por não compreender algumas melodias, nos punimos por ver que não nos encaixamos ao grupo dos que dançam tango porque sabemos apenas o samba. Mas, nenhuma crueldade pode ser mais dilacerante do que a autopiedade, que nada mais é do que dançarmos rápido demais a canção da vida, o que é absolutamente triste, pois estamos perdendo a oportunidade de apreciar o pôr-do-sol, dizer bom dia, olhar nos olhos, colher uma flor, ou, simplesmente, abraçar. Não pode um abraço recompor nossas forças? É preciso estar atento aos tipos de violências que estão acometendo nossa alma, porque nem todas as violências são com armas, algumas são apenas com cercas, muros, e grades que limitam…

Viagens, encontros e conexão com a natureza

Cachoeira Santa Bárbara: Barbarinha. Arquivo pessoal Caroline P. Sotilo – Viajar pode ser sinônimo de encontro, de descanso, de aventura, de descobertas, de conexão consigo, com o outro, com novas amigas, com uma cultura e, também, com a natureza.Existem pessoas que adoram viajar sozinhas, outras em grupo, há a viagem romântica de um casal ou de família e tem a primeira viagem com as amigas, que transcenderam o convívio apenas do trabalho e se tornaram amigas para vida. Não importa a forma, mas sim a disposição interna de se jogar no novo, de descobrir prazeres e alegrias, seja no campo ou na cidade, na praia ou na montanha. O importante é viver algo diferente e se descobrir.Nessas férias, fui conhecer a Chapada dos Veadeiros, em Goiás, com mais três amigas: Ana Lúcia, Carol e Carla. E foi uma união feliz entre amizade, natureza, aventura, descanso, relaxamento, integração de corpo e mente. Pela…

Livrai-nos das mágoas, amém

Banco de imagem Pixabay Às vezes, queremos desistir de muitas coisas, não é mesmo? Às vezes, não estamos em paz com nossa própria companhia. Você já se sentiu assim? Ah, e os sonhos? Às vezes, não alcançam mais os caminhos que um dia desejamos, não é? Porém, talvez, o mais triste seja ver que estamos, quase sempre, cansados de nos relacionar com as pessoas e com a imagem no espelho. Por que as pessoas nos magoam? Quantas vezes nos perguntamos isso?  Não há uma receita para fazer os relacionamentos darem certo, mas há como o fazer serem saudáveis. Você já pensou sobre isso? Já se dispôs a tamanha batalha? Há momentos em que pensamos por horas, lembrando-se das pessoas que amamos, daquelas que não amamos, daquelas que dividiram a cama conosco num dos fast-foods da vida, daquelas que até hoje querem estar com a gente, mas não sentimos mais nada,…

De repente, saudade

banco de imagem pixabay Do alto dos meus vinte e poucos anos já lido com sentimentos constantes como a saudade. E isso é a você, a mim, trinta, quarenta, cinquenta, mais. De repente dá nisso: saudade.   A saudade é um querer resgatar o tempo, que rasga lá atrás os anos que se foram tão rápidos. Saudade também advém de uma insatisfação momentânea, não encaixe com o tempo presente. Creio, sobretudo, que seja a força humana pela busca do que faz feliz. São as caras, os gestos, os sóis vistos a dois, o cheiro de perfumes antigos, tudo isso vem na saudade.   Vê-se que os anos acumulados geram mudanças – crescimento e retrocesso por área de atuação. Entretanto, algo se prende ao que ficou, que foi deixado não por escolha, mas por nexo da existência. Os brinquedos que corriam pela casa, a coberta rasgada predileta, o ritual…

Aprenda a fazer um delicioso hummus pink e a pasta de gergelim

O Hummus ou Hómus é um prato tradicional do Oriente Médio a base de grão de bico, tahine (manteiga de gergelim), alho, azeite e limão. Ele é rico em nutrientes e compostos bioativos, antioxidantes, ácido fenólico, ácido oleico, ácido láurico, flavonoides e aminoácidos.  Também tem boas quantidades de cálcio, vitaminas do complexo B, C, E, alta concentração de ácido fólico, fornece ótimas quantidades de ferro, magnésio, potássio tornando-se um aliado na alimentação saudável. Ou seja, esse prato é rico em fibras, proteínas, vitaminas e minerais e por isso contribui na redução do colesterol por conter fibras insolúveis que reduz açúcares, gorduras e colesterol auxiliando na função intestinal. Um ingrediente essencial na receita do hummus é o tahine (manteiga de gergelim) que pode ser comprado nos mercados, mas que você aprenderá a fazer em casa, pois é super simples. Uma colher de sopa de tahine, cerca de 3 gramas, contém 0,7g…

Pais e filhos: vivem ou sobrevivem?

banco de imagem pixabay Certa vez o sábio Willian Shakespeare disse: Há mais de seus pais em você, do que você suponha. Por que será que essa frase faz tanto sentido quando colocamos pais e filhos a frente do espelho? Não são as criaturas extensão do criador? Em contrapartida, o espelho contemporâneo está viciado em mostrar o que faz dilacerar bons relacionamentos familiares, ou seja, ninguém olha mais nos olhos de ninguém. Acontece isso em sua casa? Mas não é a família – ou deveria ser -, nosso maior ponto de força? Há muitos de nós sendo negligentes com as crianças, jovens ou, até mesmo, adultos que estão sob o mesmo teto, e isso, certamente, virá à tona um dia, porque toda falta de atenção, colocada embaixo do tapete das desculpas, um dia retornará como sintoma físico ou emocional. Poucas coisas são tão dolorosas! Olhando por esse lado, será…

Navegue
teste